ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  01    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Terceirizada da Enersul demite e não paga trabalhadores

Por Redação | 13/10/2009 17:50

A empresa ADS Comércio e Construção Ltda, que presta serviços à Enersul na área de construção de redes elétricas, descumpriu acordo com 30 trabalhadores e não pagou rescisão contratual, salários de outubro a dezembro e o 13º salário.

A situação foi denunciada pelo Sinergia-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado de Mato Grosso do Sul). Conforme o presidente do sindicato, Elvio Marcos Vargas, a empresa procurou a entidade em janeiro deste ano e propôs rescindir os contratos, para que os trabalhadores recebessem seguro-desemprego por seis meses.

Neste período, a empresa obteria os recursos para quitar o débito. Segundo Elvio, a proposta foi concretizada após aval do setor jurídico do sindicato. O prazo para o pagamento era até 12 de julho, mas, três meses depois, os trabalhadores ainda não receberam.

Conforme o presidente do sindicato, o agravante é que as pessoas não têm mais o dinheiro do seguro-desemprego. "Eles estão passando necessidade. Novamente, mais uma empreiteira da Enersul vai à falência e os grandes prejudicados são os trabalhadores terceirizados", enfatiza.

Regras de comentário