A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/11/2010 14:17

TJ nega jornada de 8 horas a policiais civis de Jateí

Redação

Os desembargadores da 1ª Turma Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negaram ontem pedido apresentado pelos policiais civis da Delegacia de Jateí, município localizado a 292 quilômetros de Campo Grande, que solicitavam mudança de carga horária para 8 horas diárias.

Negado por unanimidade, o pedido foi apresentado pelo Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis de MS), com parecer favorável da Procuradoria-Geral de Justiça.

O mandado de segurança impetrado pelo Sinpol/MS direcionava-se ao Diretor-Geral de Polícia Civil, do Delegado de Polícia de Jateí e do Estado de Mato Grosso do Sul. A alegação é de que os servidores públicos lotados na Delegacia de Polícia de Jateí são submetidos à carga horária superior às 12 horas diárias e ininterruptas.

Deste modo, os trabalhadores estariam ultrapassando o limite de 160 horas mensais, no caso de regime de plantão. Em 1º grau, o mandado de segurança foi negado por conta da falta de provas.

O relator do processo, Desembargador João Maria Lós, argumenta que a jornada de trabalho de policiais civis possui condições especiais, que não embasam o pedido realizado.

A pretensão de que a carga horária do regime de trabalho seja de 8 horas diárias e 40 horas semanais, na avaliação do magistrado, não considera os requisitos de liquidez e certeza do direito. A função dos policiais civis é de dedicação exclusiva, o que estabelece até mesmo regime de trabalho em escalas de serviços, conforme a lotação.

Sobre a indenização solicitada referente às supostas horas extras, o desembargador complementou que o próprio sindicato entende que o cálculo das vantagens está previsto em lei, sem que haja omissão por parte do Governo.

IFMS oferece 200 vagas para cursos técnicos e inscrições findam em janeiro
Interessados em realizar cursos técnicos podem participar de seleção no IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul). São oferecidas 200 vagas na m...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
TSE: regras eleitorais deixam dúvidas sobre fake news e autofinanciamento
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (18), por unanimidade, as 10 resoluções que irão regular as eleições de 2018, mas ainda ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions