A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

05/10/2010 15:30

TJ rejeita o recurso do MPE para reabrir o Caso Motel

Redação

Por unanimidade, a 2ª Turma Criminal do TJ(Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul rejeitou ontem recurso do Ministério Público Estadual contra a decisão que manteve, no dia 30 de agosto, a sentença que absolveu os quatro acusados de matar o estudante Murilo Boarim Alcalde e a garota de programa Eliane Ortiz, ocorrido em junho de 2005. O processo ficou conhecido como "Caso Motel".

Na sessão de segunda-feira, ao analisar o recurso do MPE, os desembargadores reafirmaram o entendimento de que não há provas contra os quatro acusados Irio Vilmar Rodrigues, Ronaldo Vilas Boas Ferreira e os policiais militares Adriano de Araujo Mello e Getúlio Morelli.

Os desembargadores que integram a turma consideram que toda a investigação feita se materializou em provas frágeis contra os supostos responsáveis pelos crimes.

Durante o julgamento, o relator do caso, desembargador Carlos Eduardo Contar, definiu a peça acusatória como "enormidade de inconsistências, provas precárias e insuficientes".

O MPE ainda pode recorrer a instâncias superiores.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions