A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/09/2008 07:24

Trabalhadores "fecham" curtume por salários atrasados

Redação

Um grupo de 100 trabalhadores do curtume Campo Grande, localizado no Núcleo Industrial, está impedindo a entrada de funcionários na unidade, em protesto ao atraso no pagamento salários e férias.

O presidente do sindicato laboral, Eribelton Freitas, afirma que alguns trabalhadores há 45 dias não recebem os salários e há casos de funcionários com duas férias em atraso.

Segundo ele, tudo indica que os trabalhadores serão dispensados, mas que a empresa não tem caixa para fazer as rescisões. Por isso, o MPT (Ministério Público do Trabalho) deve ser acionado.

Além dos salários em atrasos, o curtume também não estaria depositando o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). Eribelton afirma que o curtume foi atingido pela crise que também abateu frigoríficos, por conta da redução da oferta do boi e aumento dos preços ao produtor.

Recentemente funcionários do frigorífico Campo Oeste, no bairro Nova Campo Grande, também se manifestaram e estão entrando com ações na Justiça para garantir o seguro desemprego e liberação do FGTS.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions