A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/03/2010 08:48

Trad vai à Justiça contra empresa que romper contratos

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), admitiu nesta manhã que as obras da Prefeitura em andamento na cidade estão demorando mais do que o esperado. Sem citar nomes ou casos específicos, acusou as empresas contratadas pelo município de estarem fazendo "corpo mole" na execução de obras na cidade.

O prefeito disse que não nominaria empresas, nem as obras pelas quais são responsáveis para não ser antiético. "Eu vou esperar passar a chuva, que é a desculpa que se dá, e quem não cumprir o contrato, nós vamos à Justiça", afirmou.

Trad afirmou que este é um assunto que o deixa bastante irritado, e prometeu "ações contundentes" contra empresas que, segundo ele, tem outras intenções que não sejam cumprir o contrato.

Indagado sobre quais intenções seriam essas o prefeito exemplificou: "Esperar passar o ano, pra ter uma variação de preço e reajuste".

De acordo com ele, não há nada confirmado se alguma empresa está fazendo isso propositadamente.

Nelsinho não falou em prazo para adotar medidas contra as empreiteiras, citando apenas que vai esperar passar o período de chuvas.

As afirmações foram feitas durante solenidade para assinatura de contratos com a Caixa Econômica Federal.

Intermináveis - Apesar de o prefeito não ter citado casos, um passeio pela cidade demonstra que em várias intervenções pela cidade as obras parecem não avançar.

Na região do Córrego Cabaça, reportagem recente do Campo Grande News mostrou a indignação dos moradores com a demora nos serviços de urbanização.

Na avenida Ceará, no trecho destruído em dezembro pelas chuvas, a obra pouco avançou, e agora terá de ser muito maior, após a destruição que levou o resto do que restava da via, no trecho sobre a avenida Ricardo Brandão, que também foi levado pelas águas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions