A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019

09/05/2013 16:12

Traficantes “esquentaram” 215 carros por meio de fraude, diz Detran

Edivaldo Bitencourt
Grupo preso na Operação PC 27 são encaminhados para presídio (Foto: Vanderlei Aparecido)Grupo preso na Operação PC 27 são encaminhados para presídio (Foto: Vanderlei Aparecido)

O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) informou que a corregedoria do órgão detectou a fraude feita pelo grupo ligado ao tráfico de drogas e encaminhou a denúncia à Polícia Civil.

Nesta quarta-feira, três funcionários do departamento foram presos na Operação PC 27, que acontece em todo o Estado. Eles regularizaram 215 veículos por meio de fraudes, mas os documentos já estão com restrição no sistema do órgão.

“As investigações começaram no segundo semestre do ano passado, na Corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), quando foram detectadas fraudes na documentação de veículos dessa região do Estado”, informou o órgão, em nota à imprensa.

“A fraude começava com um registro falso de pré-cadastro Renavam, que é feito diretamente no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Com esse registro falso, os veículos eram documentados em Mato Grosso do Sul, pelo Detran-MS”, explica.

“Não temos certeza de envolvimento de servidores do órgão, mas eles serão investigados pela Polícia Civil e pela Corregedoria do órgão”, explica o diretor-presidente do Detran-MS, Carlos Henrique Santos Pereira.

Foram presos três funcionários do Detran-MS de Ponta Porã e o gerente da Agência do Detran-MS de Antonio João.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions