A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/06/2009 08:12

Travesti está refém em casa na Vila Olinda, não mulher

Redação

A confusão acordou hoje moradores do bairro Vila Olinda, em Campo Grande. Uma travesti é mantida em cárcere privado desde às 5 horas da manhã.

Ele é filho da cantora Ivone Fonseca de Souza, que inicialmente foi apontada como a vítima do sequestro.

Uma amiga da família, que não quis se identificar, contou que Paulo Eduardo, 33 anos, é travesti, é conhecida pelo nome de Paula, faz ponto na avenida Costa e Silva e é usuário de droga.

A mulher contou ainda que ela já morou oito anos no Japão.

A vizinha diz que está abalada e preocupada com a situação, porque tem medo de que Paulo seja "judiado", por ser travesti. Segundo ela, Ivone e o marido tem problemas de saúde.

A travesti mora em uma casa ao lado da de Ivone, porém, no mesmo terreno. Ele é o filho caçula, de três irmãos.

Vizinha da família, Alaíde Rimonte, conta que por volta de 5h ouviu muito barulho e gritaria. Ao sair para verificar o motivo, encontrou Ivone e o marido na rua.

Eles estavam nervosos e, segundo Alaíde, Ivone chorava e contou que havia um homem na casa do filho dela.

O casal então acionou a Polícia, que está no local. Alaíde é dona de três pensionatos na rua Glauce Rocha, um deles, fica em frente à casa onde o rapaz é mantido em cárcere privado. Ivone e o marido acompanham a ação de lá.

Tensão - A rua está tomada de policiais, que isolaram a quadra da residência. Foi colocada uma fita para impedir que curiosos e imprensa se aproximem da casa, por questões de segurança. A Polícia também pediu para os moradores da quadra evitarem de trafegar na via.

Moradora há 12 anos na mesma rua, a uma quadra da casa de Ivone, Ana Morais, 37 anos, diz que está apavorada com a situação e com as "pernas tremendo". "Essas coisas a gente vê pela televisão. Quando chega perto da gente não dá para acreditar, está parecendo pesadelo", diz.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions