A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/06/2009 20:51

Tremor no Estado atingiu 4,8 graus na escala Ricther

Redação

O U.S. Geological Survey Earthquake, que reúne dados das estações sismológicas da América Latina, registrou às 18h15 terremoto de 4,8 graus na escala Richter em Mato Grosso do Sul.

Segundo a organização internacional, o epicentro ocorreu a 245 km de Campo Grande e 190 km de Corumbá, em pleno Pantanal.

O tremor foi sentido com maior força em um raio que engloba a região pantaneira, Coxim e Rio Verde, mas também atingiu os municípios de Pedro Gomes, Rio Negro, Sonora e São Gabriel do Oeste. Em fazendas na região da Nhecolândia, peões relataram tremor forte de terra. Na Capital, moradores também garanter ter sentido o abalo.

Em Coxim, a prefeitura percorreu, junto a PM (Polícia Militar), os maiores bairros da cidade para verificar a dimensão do problema. "Mas por enquanto foi só o susto mesmo, não há casas danificadas. Algumas escolas suspenderam as aulas para segurança dos alunos", conta a prefeita Dinalva Mourão (PMDB).

Amanhã o trabalho será realizado em Rio Verde, segundo informações da PM. Mas também não há notícias de situações de desmoronamentos ou avarias significativas em casas ou prédios. Alguns vidors quebraram e moradores acionaram os bombeiros por perceberem rachaduras em paredes, mas não há confirmação de estragos.

No momento do tremor, a ordem foi de evacuar os prédios. Apesar de duração entre 5 e 10 segundos, em residências, escolas e órgãos públicos as pessoas saíram e esperaram tudo ficar mais calmo na rua.

Uma hora antes, abalo um pouco mais leve foi registrado na Bolívia, atingindo magnitude de 4,4 na escala Richter, mas não foi feita relação entre os dois casos.

Características - Esse tipo de tremor é descrito como "ligeiro" e dificilmente provoca estragos.

Entre 3,2 e 5,4 graus, alguns abalos muitas vezes nem chegam a ser sentidos. Os mais sérios são os que ultrapassam a magnitude dos 6,1 graus. Mas esses impactos dependem também das condições do solo, dos prédios e a densidade demográfica.

Mas a exemplo de Mato Grosso do Sul, no ano passado, tremores de 3.8 graus assustaram a população no Ceará. Em dezembro de 2007, abalo um pouco mais significativo, de 5 graus, matou uma criança e deixou seis pessoas feridas na comunidade rural de Caraíbas, no município de Itacarambi, no Norte de Minas Gerais. Várias casas foram destruídas.

A magnitude mais alta é de 9 graus, mas só foi registrada 3 vezes no mundo, desde a criação da escala Richter.

Promessas - Em Coxim, o adolescente Juliano Anderson de Lima, 14 anos, informou que estava assistindo televisão quando a terra tremeu. Ele não entendeu nada e assim como toda sua família, saiu de casa e foi perguntar aos vizinhos o que estava acontecendo.

Já a empregada doméstica Simone Pereira de Araújo, 39 anos, explicou que no momento do abalo estava com seu bebê no colo na casa de uma vizinha. "Tudo foi muito rápido, pensamos que fosse uma carreta passando na rua, mas quando vimos que não era ficamos com muito medo e corremos para a rua".

Em Rio Verde, teve gente que até fez promessa pensando que fosse morrer como a doméstica Terezinha de Souza Silva. Ela fez compromisso em parar de fumar, caso se salvasse, mas depois que o terremoto passou acabou fumando de novo.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions