A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/01/2015 08:15

Universidades do Estado têm 12 cursos com vagas sobrando no Sisu

Ricardo Campos Jr.

Em Mato Grosso do Sul, 12 cursos estão com número de interessados abaixo da quantidade de vagas e por conta disso ainda não têm uma nota do corte no Sisu (Sistema de Seleção Unificado). A expectativa é que todas as oportunidades restantes tenham sido preenchidas durante esta terça-feira (20), segundo dia de inscrições.

A maioria das graduações com vagas sobrando é da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). São eles: três cursos de letras do campus de Aquidauana, dois cursos de letras em Três Lagoas, ciências contábeis em Corumbá e Geografia em Corumbá.

Já na UEMS havia sobra de vagas para matemática em Cassilândia, agroecologia em Glória de Dourados e produção sucroalcooleira também em Glória de Dourados.

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) não havia conseguido preencher todas as vagas do curso de produção de grãos em Nova Andradina e a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), o curso de química.

Concorrência - O curso de medicina da UEMS estreou com maior nota de corte. O mínimo que os estudantes devem ter tirado no Enem para cursar a graduação é 796,99, enquanto o mesmo curso na UFMS, que sempre teve a fama de ser o mais concorrido, tem nota de corte de 782,02.

No estado, o curso menos concorrido também está na UEMS, sendo o de ciências biológicas oferecido no campus de Coxim, com nota de corte de 416,65. O curso menos concorrido da UFMS é o de Ciências da Computação em Ponta Porã, cuja pontuação mínima para ingresso é de 458,19.

Em Dourados, o curso de medicina da UFGD tem maior nota de corte, 762. Na instituição, que pela segunda vez oferece vagas pelo sistema de seleção, o curso de física é o que tem menor nota de corte, com 482 pontos. No município, o curso de física da UEMS tem a menor pontuação para acesso, 420.

O curso de sistema para a internet tem a menor nota de corte entre os oferecidos pelo IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul). Disponibilizada no campus de Três Lagoas, a graduação tem pontuação mínima de 462,24 para ingresso. O mesmo curso, só que disponível em Campo Grande, tem maior nota de corte da instituição, com 579,10 pontos.

Todos os dias o sistema do Sisu é atualizado, possibilitando aos estudantes de todo o Brasil ver se as notas que eles tiraram no Enem são suficientes para o curso escolhido, tendo em vista que a colocação não é revelada. Se eles estão abaixo da nota de corte, ainda têm tempo para trocar de opção, o que podem fazer até o final do processo. Novos dados sobre as notas de corte, depois de computadas todas as inscrições desta terça, devem sair a partir das 2h desta quarta-feira (21).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions