A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/05/2010 08:59

Usina só vai poder contratar se comprovar pagamentos

Redação

A Justiça do Trabalho determinou que a partir deste mês a Usina santo Olinda, no distrito de Quebra Coco, em Sidrolândia, terá de comprovar pagamentos dos empregados e de demitidos para fazer qualquer nova contratação.

Conhecida por frequentes atrasos de salários, e conseqüentes greves dos funcionários, a Santa Olinda também está em processo de recuperação judicial.

Para garantir a quitação do que deve aos empregados, o Ministério Público do Trabalho entrou com ação, depois que verificou o descumprimento das obrigações trabalhistas.

Os principais prejudicados são os cortadores de cana, a maioria índios, contratados em Amambai, demitidos, mas sem receber nenhum direitos trabalhistas

"O MPT acredita que esta decisão obrigará a empresa a fazer o que há muitos anos os trabalhadores da Usina almejam: receber salários, FGTS e verbas rescisórias em dia, pois se a Usina Santa Olinda não cumprir suas obrigações com os trabalhadores, ficará impedida de contratar novos empregados",comenta o MPT em nota à imprensa.

O cumprimento da decisão será fiscalizado pelo Núcleo especializado em Usinas da Procuradoria Regional do Trabalho da 24ª Região.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions