A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/03/2008 13:40

Vai a júri na terça acusado de matar esposa de policial

Redação

Vai a júri popular na próxima terça-feira (25), Frederico Gómez Armoa, 30 anos, acusado de matar a garçonete Silvéria Costa Araújo no início da madrugada do dia 13 de novembro de 2006, em Campo Grande.

Silvéria era esposa do policial militar Valdecir Ferreira, cujo filho mais novo, Devidson Faria Ferreira, o Gú, 18 anos, foi também assassinado a tiros no início de fevereiro deste ano, no bairro Aero Rancho.

O julgamento de Frederico está marcado para começar às 8 horas e será presidido pelo juiz Júlio Roberto Siqueira Cardoso, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Frederico está preso desde o ano passado, quando foi flagrado com documento falso, após ter ficado três anos foragido. Dois dias após o assassinato ele se apresentou à Polícia Civil, confessou o crime, mas disse que o tiro foi acidental.

Versão que manteve em juízo. Em depoimento ao juiz Júlio Roberto em dezembro do ano passado, ele disse que chegou na lanchonete com a intenção de pedir a Silvéria, que era amiga dele, para guardar a arma que havia comprado por R$ 20. Ao colocar a arma no balcão, um tiro foi disparado para cima e atingiu Silvéria, segundo ele.

Silvéria foi atingida no coração. A lanchonete em que ela trabalhava ficava na área conhecida como

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions