A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Abril de 2018

06/10/2017 16:36

Vaquinha Social beneficia mais de 22 mil pessoas em cinco anos de fundação

Paulo Nonato de Souza
O presidente da Associação Vaquinha Social de Campo Grande, Carlos Marcelo Dotti, durante visita ao Campo Grande News, nesta sexta-feira (Foto: Grazi Almeida)O presidente da Associação Vaquinha Social de Campo Grande, Carlos Marcelo Dotti, durante visita ao Campo Grande News, nesta sexta-feira (Foto: Grazi Almeida)

Em cinco anos de fundação, em 2012, a Associação Vaquinha Social de Campo Grande já arrecadou R$ 748.253,00 com 22.491 pessoas beneficiadas, são 292 doadores e 71 projetos sociais, conforme dados divulgados pela entidade nesta sexta-feira, 06.

A expressão “fazer uma vaquinha” no melhor dos sentidos, é o que propõe a Associação Vaquinha Social, entidade civil de direito privado, que atua em Campo Grande na arrecadação de doações de recursos financeiros para entidades sociais beneficentes.

“Somos uma associação que ajuda pessoas, que ajuda quem precisa, não apenas crianças ou idosos, mas a nossa atuação é somente na área social, não arrecadamos fundos para despesas comuns”, disse nesta sexta-feira, 06, o presidente da Associação Vaquinha Social de Campo Grande, Carlos Marcelo Dotti, durante visita ao Campo Grande News.

Segundo ele, as doações podem ser feitas via Internet por meio do site da associação - – www.vaquinhasocial.com.br - por boleto ou depósito bancário, e qualquer entidade beneficente que esteja precisando de ajuda pode se cadastrar no site e fazer a sua solicitação com a apresentação das suas necessidades.

“Nós entraremos em contato com a entidade. Somos uma associação auditada pela BDO, a quinta maior empresa de auditoria e consultoria no mundo, e isso significa a seriedade do nosso trabalho”, afirmou.

Como exemplo da atuação da associação, Dotti lembrou da campanha que no início de setembro arrecadou R$ 40 mil investidos na compra do aparelho Bipap Trilogy 100 Philips, necessário para garantir a respiração de Theodoro Vidal Borges, que dos cinco meses de vida estava internado na Santa Casa de Campo Grande havia três meses.

Theodoro foi diagnosticado com AME (Atrofia Medular Espinhal), uma doença que causa fraqueza muscular grave e deixa a criança sem os movimentos. “A criança estava morando no hospital, porque sem o aparelho ele não podia ir para casa. Então fizemos a campanha, arrecadamos o dinheiro necessário, o aparelho foi comprado e o menino pode deixar o hospital”, lembrou o presidente da Vaquinha Social.

Empresa amiga – A associação criou oselo "Empresa Amiga" para destacar as empresas colaboradoras nas ações sociais. "Damos a elas o direito de usar a nossa marca, e a preocupação social dessas empresas significa mais visibilidade”, frisou Dotti.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions