A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

03/09/2010 16:23

Venda ilegal de remédio movimentava R$ 30 mil em Corumbá

Redação

A Operação Santo Remédio foi deflagrada nesta sexta-feira em Corumbá, para investigar a sonegação fiscal e esquema de venda irregular de medicamentos na fronteira com a Bolívia.

A ação envolveu agentes da Polícia Federal, ministérios públicos Federal e Estadual, Receita Federal, Força Nacional de Segurança e Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda).

A investigação teve início após denúncia de que grandes quantidades de caixas de remédios eram entregues em farmácia no centro de Corumbá e que, logo após a chegada dos produtos, veículos estrangeiros eram carregados com caixas de remédios, inclusive fora do horário de expediente.

Na tarde de ontem, um dos veículos foi flagrado por agentes da Força Nacional na fronteira com a Bolívia e estava sem a declaração de saída das mercadorias. A equipe da operação "Santo Remédio" abordou outro carro parado em frente à farmácia, no momento em que era carregado com medicamentos.

O esquema movimentava mais de R$ 30 mil por dia com a retirada de medicamentos. Seis pessoas foram encaminhadas à Delegacia da Polícia Federal. Os dois veículos e grande quantidade de medicamentos foram apreendidos e também levados para a PF.

De acordo com o Ministério Público Estadual, as investigações prosseguem em duas frentes: a primeira junto a Polícia Federal, que apura crimes de contrabando e descaminho e a segunda, na 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá, sobre a distribuição ilegal de medicamentos, eventual sonegação fiscal e crimes contra a relação de consumo.

Os nomes dos investigados e da farmácia não foram divulgados para não atrapalhar as investigações e descoberta de outros envolvidos.

(Com informações do Diário Corumbaense)

Criança de 3 anos que se afogou em piscina melhora em hospital
A menina de três anos que chegou à Santa Casa em estado grave depois de se afogar em uma piscina na tarde de domingo (20), apresentou melhora e não p...
Maioria concorda com demarcações sob o crivo do Ministério da Agricultura
Você concorda que a demarcação de terras seja responsabilidade do Ministério da Agricultura? Foi esta a pergunta feita pelo Campo Grande News nesta s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions