A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/12/2007 16:53

Vendas pela internet incrementam entregas dos Correios

Redação

Os Correios contrataram 14 empregados temporários que vão trabalhar no Estado até o dia 29 de dezembro para atender a demanda que aumenta nesta época do ano. Os carteiros efetivos fazem até duas horas extras por dia também para cumprir as entregas. Em Mato Grosso do Sul, o volume de correspondências simples e encomendas cresceu 22% em comparação a novembro de 2007. A Internet é uma das responsáveis pelo aumento, considerado maior que o normalmente registrado no Natal.

Todos os anos, a postagem de cartões e aerogramas de Natal, mala-direta de empresas para clientes e o envio de carnês do IPVA fazem aumentar os serviços. Com a Internet, a compra on-line de produtos contribui ainda mais para o movimento extra.

Segundo os Correios, a quantidade de encomendas movimentadas pelo comércio eletrônico no Natal deste ano, em todo Brasil, aumentou 56% em relação a 2006. A expectativa é fechar dezembro com 1,4 milhão de encomendas feitas pela internet, contra 930 mil de dezembro de 2006. O volume foi cerca de 80% superior à média de outros meses.

A E-Bit, empresa especializada em pesquisar o e-commerce no país, estima crescimento nominal de 45% nesse tipo de transação em relação ao Natal de 2006, com faturamento recorde de R$ 1 bilhão neste ano.

Números - Em Mato Grosso do Sul, o volume de correspondências de 1º a 24 de dezembro foi de 1.933.788 cartas e 54.000 encomendas/SEDEX.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions