A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/03/2009 19:22

Vereador de Cassilândia recebia bolsa família do governo

Redação

Mesmo com remuneração de cerca de R$ 5.572,00, o presidente da Câmara de Vereadores de Cassilândia, Rosemar Alves de Oliveira (DEM), é acusado de ter a família cadastrada no programa Bolsa Família, do governo federal, já no exercício do mandato. A denúncia, protocolada na própria Câmara, foi apresentada ontem pelo funcionário público Paulo Cesar Ramos.

Em um documento de quatro páginas, ele pede o afastamento de Oliveira de suas funções, por improbidade administrativa e falta de decoro parlamentar. Se defendendo das acusações, o parlamentar disse em entrevista a um programa de rádio da cidade, que a denúncia não tem fundamento, de acordo com informações do site Jovem Sul News.

O democrata explicou que antes de ser eleito, no ano passado, enfrentou uma crise financeira muito grande. Foi quando sua mulher Rosemar Barbosa Fernandes, mesmo contra sua vontade requereu o benefício, tendo recebido verba de R$ 120 mensais umas duas ou três vezes.

Contudo, desde que ganhou a eleição, o vereador pediu à esposa que dispensasse o benefício, o que, segundo ele, foi feito no dia 8 de janeiro de 2009. Segundo o vereador, uma certidão emitida pela Secretaria Municipal de Bem Estar Social, datada de 8 de janeiro, comprova o cancelamento.

O vereador, inclusive, protestou contra a denúncia, alegando se tratar de perseguição política. Conforme ele, quem apresentou a denúncia ocupa cargo em comissão na atual administração. O democrata informou ainda que vai tomar todas as medidas judiciais cabíveis ao caso.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions