A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/12/2014 11:40

Vídeo divulgado pela PF mostra imóvel luxuoso utilizado por traficantes

Renan Nucci
Casa era usada por quadrilha. (Reprodução vídeo)Casa era usada por quadrilha. (Reprodução vídeo)

A PF (Polícia Federal) divulgou há o pouco um vídeo que mostra o interior de casa uma luxuosa. O imóvel é apenas um dos vários utilizados por uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de entorpecentes, desarticulada na manhã desta terça-feira (02) durante a “Operação Denarius”.

A justiça expediu ordem judicial de bloqueio de 43 bens, de imóveis avaliados em mais de R$ 60 milhões, entre eles sete fazendas, quatro sítios, 16 terrenos urbanos, cinco apartamentos, nove casas e dois prédios comerciais. O grupo, que agia no Paraná, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais, Rondônia e em Mato Grosso do Sul, enviava droga para diversos países, inclusive na Europa.

São cumpridos 13 mandados de prisão, 39 de busca e apreensão domiciliar, 42 de busca e apreensão de 37 veículos, duas embarcações e três aeronaves, um mandado de busca e apreensão de 3,5 mil cabeças de gado e 16 mandados de condição coercitiva, que é quando uma pessoa é levada para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Um dos mandados de prisão será cumprido em Amambai, município localizado a 360 quilômetros de Campo Grande. Entre ordens de busca e apreensão (de bens ou domiciliar), duas serão cumpridas em Aral Moreira e Porto Murtinho, distantes a 364 e 431 km da Capital, respectivamente.

A “Operação Denarius” (dinheiro em latim) aponta que a droga era camuflada em meio à madeiras de casas pré-fabricadas e enviadas em containers para o exterior, usando como rota Porto Velho (RO). Participam da ação 180 policiais federais e 10 auditores da Receita Federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions