A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

12/10/2017 20:35

Voo que saiu de Dourados levando órgãos estreou novas rotas áreas

Nyelder Rodrigues
Avião da FAB usado para transportar os órgãos e fazer o primeiro voo das novas rotas (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)Avião da FAB usado para transportar os órgãos e fazer o primeiro voo das novas rotas (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O voo saindo de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - com órgãos doados para transplantes foi o primeiro a ser realizado dentro das novas rotas áreas implementadas no Brasil. A captação dos órgãos aconteceu no Hospital da Vida, sendo o doador um adolescente com morte cerebral em Laguna Carapã.

As novas rotas no espaço aéreo brasileiro entraram em vigor nesta quinta-feira (12) com a implementação da chamada Navegação Baseada em Performance, a PBN, realizada pelo Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo).

Foi possível diminuir em 15 minutos o tempo de viagem entre Dourados e Guarulhos com as novas rotas, que permitirão a redução do tempo de voo no país e impactará em cerca de 300 mil voos por ano.

Custos menores - Com a redução dos tempos de viagem, as aeronaves também diminuem o consumo de combustível e, consequentemente, os custos de voo. De acordo com os cálculos do Subdepartamento de Operações do Decea, a redistribuição dessas estradas do céu reduzirá o consumo de combustível das aeronaves em 2 mil toneladas por ano.

Além disso, o correspondente a cerca de 6.500 toneladas de gás carbônico deixarão de ser despachados no céu. Ao todo, a redistribuição das rotas vai alcançar cerca de 1,8 milhão de km² de espaço aéreo brasileiro.

Para permitir as novas rotas foram confeccionadas mais de 300 novas Cartas Aeronáuticas (mapas aéreos), que revelam os traçados dos novos caminhos. Segundo a FAB, com as novas rotas foi possível diminui 1430 milhas, o equivalente a 2.650 km, em trajetórias de voo na região. A distância corresponde a um voo entre o Rio de Janeiro e Macapá.

Transplante - Coração, rins, córneas, fígado e pâncreas foram captados do adolescente, que sofreu um acidente de moto. A equipe formada por pelo menos 11 profissionais de saúde, sendo grande parte médicos, chegou na tarde de quinta em Dourados. A captação aconteceu a noite e o transporte foi feito durante a madrugada.

Está é a primeira captação de coração feita no município. Uma estratégia para o rápido deslocamento da equipe foi preparada entre o aeroporto e o Hospital da Vida e do hospital para o aeroporto.

(Com informações da Agência Brasil)

Decreto permite que morte cerebral seja atestada sem neurologista
O presidente Michel Temer assinou hoje (18) decreto que altera o Sistema Nacional de Transplantes (SNT). O novo texto retira a possibilidade de conse...
Procuradores do Estado terão auxílios que chegam a 60% dos salários
O Governo de Mato Grosso do Sul regulamentou em seu Diário Oficial, desta quarta-feira, dia 18, o auxílio-transporte, alimentação e de saúde dos Proc...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions