ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  11    CAMPO GRANDE 28º

De olho na TV

50 anos da rede Globo tem badalação oficial

Por Reinaldo Rosa | 15/04/2015 10:17

SABÁTICO – Emissoras da faixa AM não têm a audiência com alvo; parecem contentes com a receita proporcionada pelos respectivos departamentos comerciais. Pastores, pastoras e obreiros invadem a área. Aos sábados é impossível sintonizar algo que não seja homilias com finalidades arrecadatórias.

XIS TUDO – Dica para quem quer ouvir música com pouco papo de locutores; www.radioxis.net. Sob responsabilidade do radialista Fonseca Jr, é o canal para som ambiente de bom gosto. Tem de tudo e para todos os gostos.

DA HORA – O rádio jornalismo matinal, em Campo Grande, continua espremido, invariavelmente, em 60 minutos. Com generoso acesso ao noticiário nacional e mundial e, ainda, a politização de considerável parcela de ouvintes, o aumento do espaço no horário seria bem-vindo.

LIGHT – O ‘Jornal da UCDB’ segue sua trilha de informação sem análise. Calcado em orientações preladas, a atração não ‘entra em bola dividida’ para não criar celeumas com certos setores da sociedade, digamos assim.

LEVE E SOLTA – Demonstrando cumplicidade com os ouvintes, Carmen Cestari emite opinião própria sobre determinados fatos. Vai além de simples repassadora de acontecimentos do cotidiano local e nacional.

O QUE É ISSO – Leitor da coluna reclama do espaço que o ‘Jornal Nacional’ abriu para o noticioso policial. Considera que Marcelo Resende e Datena demonstram como aumentar ibope sem fazer força. Tem quem goste de mundo cão.

FORÇA AO ÓCIO – Deputado federal Paulo Pereira da Silva, presidente da Força Sindical, aparece raivoso nas telas de TV. Nas mensagens do ‘Solidariedade’, brada contra medida que obrigará o trabalhador ralar durante ‘longos’ 18 meses para, só então, ter direito ao Seguro Desemprego. Demagogia em penca.

MEIO SÉCULO DE MUITO RESPEITO - A Câmara dos Deputados realizou sessão solene para homenagear os 50 anos de fundação da TV Globo. Inaugurada em 26 de abril de 1965, no Rio de Janeiro, a emissora conta com cerca de 12 mil funcionários, dos quais mais de 4 mil envolvidos diretamente na criação de programas. É a maior da América Latina em produção de programas próprios.

SINE DIE – ‘Pé Na Cova’, produção de Miguel Falabella, tinha previsão de segunda temporada prevista para este mês. Foi informado pela direção Global que o fato só acontecerá no segundo semestre. O ator chutou o pau da barraca e até ameaçou sair da emissora. Piti nos bastidores.

CAI CAI - Na tentativa de não perder mais pontos com o ‘Jornal Nacional’, Fatima Bernardes voltará à bancada do noticioso sob a alegação de comemorar os 50 anos da emissora. A desculpa nos bastidores: a apresentadora, que faz parte da história do jornalismo da Globo, ajudará a contar a trajetória da informação nas últimas cinco décadas. Informação de Flávio Ricco, do Uol.

MESMICE VEM AÍ – Silvio Santos e Carlos Massa, o Ratinho, resolveram arregaçar mangas e enfrentar a crescente audiência da Record com a volta de Gugu Liberato. Verbas serão aplicadas em novas atrações. Nada do que telespectadores já não tenham visto.