ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 22º

De olho na TV

Minha última coluna no Campo Grande News

Por Reinaldo Souza | 11/03/2020 10:10

CAMPO GRANDE, AQUELE ABRAÇO – Informo a quem possa interessar que a partir desta data não mais faço parte da honrosa seleção de colaboradores do Campo Grande News. A dura –e pesada- decisão ocorre em decorrência de irrecusável convocação profissional em outro elo da comunicação de Mato Grosso do Sul. Confesso orgulho pessoal de ter espaço democraticamente aberto pelo amigo Lucimar Couto –e aceito por combativa equipe-, a quem agradeço. Cumprimento particular aos qualificados leitores da coluna. A partir de agora, críticas e xingamentos serão recebidos através do e-mail reinaldederosa@hotmail.com – Celular 99217 1311. Grande abraço a todos. Nos vemos por aí.

UM LUXO – Radialista Alex Delina demonstra garra e amor à profissão nas ondas da Capital FM "para o que der e vier" na emissora; a qualquer tempo e horário. Sua versatilidade é mostrada na convocação por parte do Operário F.C. para locução direta da participação do clube no campeonato estadual.

VC NA COLUNA – "Ao grande jornalista Reinaldo Souza Rosa, meu agradecimento pelo reconhecimento de distantes fatos da minha vida profissional como radialista em honrosas menções", Júlio Cotting.

SOBRE 'FOGO INIMIGO AMIGO' – "A Energisa tem anúncio nas duas emissoras em que trabalho em Campo Grande. Isso não me impede de citá-la, de levar membros da CPI para dar entrevistas e nem de chamar (e ser atendido), técnicos da empresa que tentam explicar o inexplicável. Aliás é um tema que eu e a Lívia (Machado) temos tratado quase que diariamente no 'Acorda' e com áudio dos ouvintes indignados. Sobre a tal facção, não citamos mesmo, propaganda não é nosso forte". Joel Silva.

"Vergonhosa esta rendição editorial de um órgão de imprensa. Que se orgulha de "servir à sociedade", porém serve-se dela. A notícia deixa de ser de interesse público e passa a ser uma versão de acordo com o bolso do dono. Será que não descobriram conciliar interesse financeiro e dever informativo? Nada impede citar nome da empresa porque para ela existe o mais amplo direito ao contraditório. Parabéns, Reinaldo"! Edson Moraes

"Os nomes dos bois guardam algo em comum!. A omissão da sigla da facção criminosa nos meios de comunicação atende aos interesses das autoridades omissas em combater, verdadeiramente, o crime organizado. A sigla tucana agradece"! Júlio Cotting

"Nós (do JD1 Notícias) temos coberto (e citado nomes da empresa tema da CPI)". Danilo Costa

Nos temos coberto.