ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  11    CAMPO GRANDE 20º

De olho na TV

A importância de se comunicar

Por Reinaldo Rosa | 28/08/2013 13:29

À MARGEM – Desde que foi defenestrado pela Hits FM –que passou aos serviços da IURDI-, o radialista Miltinho Viana busca aconchego na área (ou em alguma). De acordo com anúncio em jornal impresso diário, ele está em programa “a nível nacional” (SIC) da Rede Brasil de Televisão (de endereço não sabido).

CACHAÇA – O vício de ‘fazer rádio’ contagia a todos quanto, um dia, se colocam à frente dos microfones de uma emissora; seja ela qual for. A aproximação com ouvintes e pessoas dos mais diversos matizes (horrível) que o veículo provoca é causa de internação compulsória para quem fica, temporariamente, fora dele.

RÁDIO É CULTURA – Ao deixar a faixa de FM, na Hits, Miltinho Viana encontrou abrigo nas ondas de amplitude modulada, da Rádio Cultura. O status entre AM e FM, em Campo Grande e demais cidades do Estado, pouco difere. Locutores e programações são cópias umas das outras. Qualidade recebem dois tipos de tratamentos: raro ou nenhum.

COMUNITÁRIA MENTE – Órfãos do Morde e Assopra da jornalista Liziane Berrocal, no UCDB Notícias, podem voltar aos seus comentários através da Nova FM. Por ser comunitária, a emissora tem alcance limitado la pelas bandas do bairro Universitário e adjacências. Empecilho que pode ser superado através do endereço www.novafmms.com.br. Entrevistas com profissionais da área de comunicação e ausência de músicas sertanejas fazem o mix do programa.

X9 NÃO - A coluna foi a primeira –e única- a informar sobre a volta de Raul Freixes à Campo Grande depois de período em TV paranaense. Com o devido cuidado e respeito à pessoa, não foram detalhados os diagnósticos sobre a saúde do radialista. Após sua detenção, na capital, os mesmos foram escarafunchados em detalhes e, para alguns precipitados, soou como atenuantes para transformá-lo em vítima.

FALA POVO – “Parabéns TV Morena pela merecida reforma; deveriam aproveitar e reformar o conteúdo também. Novos formatos seriam bem vindos, deixar de lado o velho enlatado e produzir atrações que caiam na graça da população. Principalmente no período matutino e noturno (ridícula a programação) porque, na noturna, são quase imbatíveis (novelas)”. Marione sampaio,

FALA POVO II – “Realmente de parabéns a TV Morena pelas suas novas instalações e equipamentos modernos. Sem sombra de duvida, é o que há de mais moderno em matéria de tecnologia. Acompanhei atentamente a matéria da brilhante festa realizada com a presença da alta direção da TV Morena, autoridades, convidados e funcionários. Percebi também a exposição dos primeiros equipamentos usados no inicio da suas atividades. E os primeiros apresentadores? Os pioneiros na apresentação de telejornais e programas de auditório, pelo que percebi ficaram esquecidos na grande festa. Tenho 61 anos, e me lembro dos primeiros e grandes profissionais da emissora na área da apresentação, para mim foi um infelicidade muito grande da TV Morena não prestar uma homenagem especial a esses profissionais. Alguns já falecidos como Onézimo Filho, e outros ainda entre nós como Armando Tibana, João Bosco e Silveira Filho. A TV Morena perdeu a oportunidade de valorizar a sua própria história”. Gerson Hugo.

FALA POVO III – “Realmente muito bem observado seus comentários sobre a reportagem TV Morena de Cara Nova. Estava na solenidade e, depois, também assisti o documentário que tecnicamente estava perfeito, mas o texto e o conteúdo histórico sobre a criação da TV pelos irmãos Zarhan ficou muito pobre e tendencioso. Personificaram apenas um membro da família e omitiram os outros que realmente plantaram e carregaram a TV desde os tempos das vacas magras, fazendo chegar ao que é hoje. ’Papagaio come milho e periquito leva a fama’. Puro oportunismo, ( puxa-saquismo barato) manipulação ou falta total de conhecimento . Ficou feio. Na verdade, o jornalismo precisa olhar em volta. Francisco L. Filho

OUTRO LADO – “Obrigado pela da minha parte; abraço e muita felicidade para você. Muito bom. Jesus Pedro Assunção.  “A TV (Morena) é a minha segunda casa. Estamos muito felizes. Parabéns pelos artigos, muito bom. Ronaldo Balla Balla