A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Maio de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


06/01/2016 13:00

A realidade nas telinhas de TV nossa de cada dia

Reinaldo Rosa

AOS COSTUMES – A TVMS voltou aos índices de audiência tradicionais, no horário noturno. Com o fim de 'Os Dez Mandamentos', a matriz, Rede Record, registrou queda de 25% no ibope da trama em São Paulo, fato que reflete diretamente nas atividades de suas afiliadas.

MESMO BARCO - Segundo o Uol, as principais redes de TV perderam público em dezembro, "em todas as faixas horárias, sem exceção". O SBT e a Band –repetidas regionalmente por SBT/MS e TV Guanandi-, registraram menos 7% e 10%, respectivamente.

O DURO DA QUEDA - A tradicional programação de fim de ano da rede Globo foi a que menos sofreu com a fuga de telespectadores: dois pontos percentuais. A Record – por razões citadas anteriormente – desabou em solenes 17%.

TÁ CHEGANDO A HORA – Faltam seis dias para o 'Tribuna Livre', da FM Capital, voltar ao normal. Colocar notícias e músicas (aquelas) no mesmo tacho não mantém o ouvinte colado ao rádio.

CONTAGEM REGRESSIVA – Chama a atenção as reportagens repetidas nos informativos da TV Morena. Fácil notar as inéditas contidas em cada um dos três informativos da emissora da Avenida Eduardo Elias Zahran.

PIADA PRONTA – Para alguns habitantes de terras guaicuru, o investigador Dante (Marco Pigossi), de 'A Regra do Jogo', poderia substituir o promotor Marcos Alex nas investigações do Gaeco. Seria o sonho tornado realidade.

DNA – Jogando para a plateia, Alexandre Garcia deita e rola em comentários nada recomendáveis – digamos assim – ao governo Dilma. Como ex-assessor de imprensa da ditadura militar, o conservador comentarista desopila sua raiva contra governos eleitos através das urnas. Seja qual for. Tem quem goste.

FAZ DE CONTAS – Três meses de trabalho e um cachê de 3,5 milhões de reais. Dois milhões de reais em merchandising da Fiat. Nada mal para quem destila talento em textos discutíveis em programa de péssima qualidade e conteúdo. Será um feliz 2016 para Pedro Bial.

VC NA COLUNA – "A vida, realmente, é injusta. Tanta gente com capacidade e talento por aí e um escroque ganha uma baba dessas para apresentar conteúdo imbecilóide". Anônimo

  – "Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades. Hoje sei que isso é autenticidade". CDA/BYYC

Rádio esbanja potência, mas com público restrito
O ELO – No Brasil todo está disseminada a prática de terceirização de espaços na comunicação falada. Cronistas do rádio esportivo ficam à mercê do bo...
O bagunçado e voraz mercado local das rádios
SENHORES PASSAGEIROS – Nivaldo Mota, João Flores, Miltinho Viana e Marcelo Nunes têm algo em comum. Foram revelados para o rádio de MS originários do...
Sem novas ideias, rádio de MS definha
SINTONIA GROSSA – Tratado como penduricalho de informações oficiais, o rádio de Mato Grosso do Sul definha por não renovar estratégias comerciais de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions