A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


30/03/2016 13:00

Cidadania tem especial destaque na mídia de MS

Reinaldo Rosa
Ator Wagner Moura, que criticou cobertura da situação política atual (Foto: Reprodução)Ator Wagner Moura, que criticou cobertura da situação política atual (Foto: Reprodução)

COMUNITÁRIA – “A ‘Ação Cidadania’, realização da Fiems e Sesi em parceria com a TV Morena, leva às comunidades de Campo Grande e do interior do Estado serviços nas área de saúde, educação, cultura e cidadania”, segundo o Superintendente Bergson Amarilla. A campanha, que atendeu 11.351 pessoas em 2015, foi lançada nesta quarta-feira, na Casa da Indústria.

CIRANDA – Jornalismo da TV Morena pautou o ‘Desafio MSTV contra a dengue’, no ‘MSTV 1ª’. Uma boa ideia que, por excesso de ‘competições’ no ar, pode não alcançar objetivos buscados. Viagem ao fim do mundo.

CIRANDINHA – Transformada em mensagem publicitária da emissora – e repetida durante a grade de programação – o recall da campanha seria maior. Para pensar.

PROFISSÃO DE RISCO – Repórter do ‘O Povo na TV, do SBT/MS, foi atacado por transeunte da Praça Ari Coelho, em Campo Grande. Ato reprovável sob todos os aspectos; mesmo que o agressor não concorde com a linha do programa.

SEM IBOPE – Redes de TV não exibiram a presença de legisladores do PMDB de MS, quando a sigla anunciou o desembarque do governo Dilma, nesta terça-feira. Deputado louco por holofotes é mantido no baixo clero das emissoras.

LADAINHA GLOBAL - Rede Globo tenta convencer a sociedade de que “não se trata de um golpe contra a democracia, mas de um processo legítimo”. São tantas entrevistas com ‘explicadores’ da tese que parece que a emissora faz jornalismo para surdos. E mostra seu lado.

À MODA DA CASA – “São prisões midiáticas e vazamentos de informações seletivas para uma imprensa controlada por cinco famílias que nunca toleraram a ascensão de Lula”. Wagner Moura.

DESCULPAS EVITAM BRIGAS - Do golpe que promoveu em 1964, a Globo só pediu desculpas 50 anos depois. O Juiz Sérgio Moro pediu desculpas pela divulgação ilegal de conversas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula. Danem-se os prejudicados.

ASSISTÊNCIA - A Rádio Educativa 104 e a TV Educativa farão parte da Rede Nacional de Atenção à Saúde do Trabalhador, no âmbito da política nacional de comunicação e divulgação. Caberá às emissoras do Estado veicular e reproduzir informações e eventos realizados pelo Centro de Referência, com periodicidade diária ou semanal.

VC NA COLUNA – Fora do script. “Minha sogra colocou uma mamária e uma safena, sábado passado. Como é a vida pós-operatória, neste caso?”. Valfrido Silva

R DO R - Normal; basta submeter-se ao regime alimentar-bebericar e tudo dá certo. Não fazer força física intensa; não carregar peso e tomar os cinco remédios diários a que o cardiologista nos impõe. E a vida anda.

Na internet, grupo Acaba tem audiência cativa
MIOPIA – 66 curtidas, dez comentários, oito compartilhamentos no Facebook, incontáveis visualizações neste site Campo Grande News. Nota da coluna sob...
Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. ...
Música regional de MS é atração rara nas emissoras locais
ESTRELAS FAZEM SINAL – Paulo Simões, Geraldo Roca, autores da música 'Trem do Pantanal', considerada hino não oficial de MS, não têm o destaque merec...
Só um 'não' ao ouvinte pode tirar rádio da mesmice
LINHA FECHADA – Quando é preciso dizer ‘não’. Difusora AM também abre espaço para atendimento de pedidos musicais dos ouvintes. Perigo à vista; maior...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions