A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


25/10/2013 09:16

Correr atrás de notícias cansa

Reinaldo Rosa

CULTO A PERSONALIDADE – Certos programas já surgem prontos e acabados com finalidades duvidosas; sem maiores cuidados – pra não dizer falta de respeito com o público alvo. Travestidos de jornalistas são orientados a iniciar texto de reportagens externas com sonoro “Deputado...(e segue a pretensa matéria). Invariavelmente o legislador apresentador se ausenta e a produção não se preocupa em reeditar a parte gravada anteriormente. Seriedade é isso.

FALANDO NISSO – Apresentador substituto do Balanço Geral, nesta quinta-feira, iniciou com resumo do que seria apresentado: bandido preso; colisão com morte; assaltante trapalhão é preso e outras do gênero. Seguiu-se a perola: “nosso programa, hoje, está um espetáculo”.

BALANÇA MAS NÃO CAI – No mesmo noticioso, enquanto reportagem ia ao ar, vazou som dos bastidores onde o apresentador substituto questionava “o que quer dizer Enem?”. E assim vamos nós; em TV imagem nem sempre é tudo.

TIRANDO DOCE DE CRIANÇA – O sarcasmo do jornalista Marcelo Resende vai além da tela da televisão. Ele e sua equipe de produção se esmeram em fazer um gran finale diário. Apresentado no momento da passagem para o ‘noticiário’ local, espectadores de Campo Grande ficam p... da vida por terem expectativa frustrada. Masoquismo diário ao entardecer.

NO STRESS – Por características especiais, jornalismo investigativo exige muito mais do profissional que se propõe a produzi-lo. Mesmo executado em equipe, alguém pode ser baqueado ante responsabilidade e emoção que o fato requer. Não é sem razão que o combativo Nélio Brandão ‘pediu água’ para se recuperar um tempo fora do ar da TV Morena.

ALTA DOR – Publicitários autênticos sentem-se incomodados com certos outdoors espalhados por Campo Grande e maiores cidades do Estado. Peça de apoio de campanha, com tempo máximo de oito segundos para leitura, certas placas não atingem o objetivo buscado pelos anunciantes. Inconformismo com dinheiro de clientes jogado fora. Literalmente.

DENTRO DO FOCO – Com programação eivada de cultura, a TV Pantanal divide-se entre atrações de rede nacional e parcela de informações locais. Destaque para o Repórter MS, às 18 horas, que merece especial atenção por quem se interessa pela realidade do Estado. Com competência forjada ao longo dos anos na profissão que abraçou, Edimir Conceição é o coordenador de Jornalismo da TV Brasil Pantanal. Vale a pena para quem quer ver algo diferente no ar.

TAMO JUNTO – Jornada dupla para torcedor ficar em frente ao computador. Amanhã, o Viamorena.com transmite Guaicurus x Costa Rica, às 18h no Morenão e, no domingo, o jogo da série A, em conexão com a Band (TV Guanandi). Não falta apoio ao futebol do Estado.

FALA POVO – “Os comentários são pausados, com muita educação e conteúdo previsível, afora algumas críticas a órgãos de comunicação e dos pilantras que vendem serviço de tv por assinatura. O resto é discussão do fraco desempenho do futebol de MS e lamentações que duram mais de 20 anos e ninguém, nem da comunidade nem parlamentares e políticos líderes definem um rumo certo para que realmente tenhamos algo que dê para confiar e nada mais”. Roberto Wolf

Radiojornalismo parado no tempo e no espaço
VERDADE DE CADA UM – Radiojornalismo de Campo Grande parou no tempo e espaço; grade criada – há tempos por alguns – não abandona a rotina. Loucos por...
Mudança da faixa AM para FM agita mercado radiofônico
MUNDO PEQUENO – Com o ‘estreitamento do mundo’ pela internet, sucessores de rádio de Campo Grande dirigem a emissora a partir de cidade americana. Mo...
MS no Rádio ajuda emissoras na cobertura oficial
NAS ONDAS DO RÁDIO – O projeto ‘MS no Rádio’ – com estúdio sediado na Secom (Subsecretaria de Comunicação) – divulga ações e serviços do Governo do E...
Diploma não supera talento do pessoal 'das antigas'
VEJA BEM – Maioria esmagadora dos comunicadores do Brasil surgiu em consequência do puro – e reconhecido – talento de quem se atirava na comunicação....



Pois é minha genta a Tv Guanandi, bem que tentou mudar o seu horário do almoço, e consegui uma proeza, mudar pra pior, não sei de onde veio um novo apresentador, do Ms urgente, só sei que vai ser ruim assim lá na "conchichina" um programa vazio sem opinião, e quando o apresentador tenta comentar, ele se perde no meio da noticia, tá muito fácil apresentar programa de Tv em campo grande. Será que esses diretores de jornalismos das emissoras de Tv, não pedem um " programa Piloto" antes, o será que eles escolhem por "QI" Quem indica..... rsrsrs, a coisa tá brava amigo. Parabéns pela coluna.
 
ednaldo luiz em 27/10/2013 15:57:57
ESTIVE EM CUIABÁ NA QUARTA-FEIRA. PELO POUCO QUE OUVI AS RÁDIOS FM DE LÁ, TEM PROGRAMAÇÕES DIVERSIFICADAS (POP, SERTANEJO, GOSPEL, NOTÍCIAS, ANOS 80, ETC), E ISSO PORQUE CUIABÁ É BEM MENOR QUE CAMPO GRANDE. LÁ TEM MIX FM, JOVEM PAN, BAND FM, CBN E RÁDIOS GOSPEL. QUE OS EMPRESÁRIOS DE COMUNICAÇÃO VENHAM A ABRIR SUAS MENTES QUE, NEM SÓ DE SERTANEJO VIVE O POVO DE CAMPO GRANDE. O POVO JÁ ESTÁ CANSADO DISSO. CAMPO GRANDE É DIVERSIFICADA, POIS MORAM MUITAS PESSOAS DE OUTROS ESTADOS. TÁ NA HORA DAS EMPRESAS DE COMUNICAÇÃO SE ABRIREM PARA AS NOVIDADES NAS RÁDIOS FM. QUEM GANHA COM ISSO É O POVO, OS VEÍCULOS E A PUBLICIDADE, POIS HAVERÁ MERCADO.
 
GILSON DE OLIVEIRA CANO em 25/10/2013 11:18:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions