ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 16º

De olho na TV

Fim de festa de promessas traz novas programações

Por Reinaldo Rosa | 30/09/2016 10:33

FORA DO AR – Sem propaganda eleitoral através de emissoras de rádio e televisão, a partir de hoje, programações voltam ao normal na constante luta pela audiência. Tem profissional do setor televisivo debatendo a validade da ‘qualidade’ de jornalismos locais. Esperar pra ver.

CAMPEÃ – FM Capital anunciando mais uma “marcha das apurações”, em Campo Grande, no domingo. Primeira a explorar esse tipo de programa bi anual, a emissora tem audiência certa para concorrentes e ouvintes loucos por notícias.

IMAGEM É TUDO – No debate desta quinta-feira, pela TV Morena, não faltaram preocupações com visual dos candidatos. Sorrisos 'qualidade selfie' e cabelos pintados estiveram presentes no esperado programa da noite. Promessas, provocações e evasivas também estiveram por lá.

DEIXE COMIGO – Para os chamados ‘grandes centros’, a rede Globo enviou estrelas de seu jornalismo para mediarem os debates da rede, nesta quinta-feira. Em Mato Grosso do Sul, as repetidoras da emissora lançaram mão de profissionais locais. Com competência, diga-se.

TÁ DIFÍCIL – A ‘TVi’ coloca em sua grade o ‘Shopping da Cidade’ logo após o indefectível corte do ‘Brasil Urgente’, da Band. Forma de aumentar – ou transferir – audiência para outras repetidoras da capital morena. Que agradecem. Simples assim.

É UMA BOLA – O futebol de Mato Grosso do Sul sofre as consequências da forma original de administração de sua federação e dos clubes que a integram. Cronistas esportivos de Campo Grande ficam sem importante pauta para sua programação. Aí acontece a cereja do bolo colocada pela ‘TVi’: tira do ar o ‘Donos da Bola’ local. Segmentação programática é isso.

DÉJÀ VU – Debate entre candidatos a prefeito de Campo Grande, na TV Morena, comprova que esse tipo de atração perdeu finalidades de esclarecimento ao eleitor. Glamourizado pela rede Globo, plataformas eleitorais foram transformadas em programa de TV. Simples assim.

ÉTICA NA DEMAGOGIA – Em debates na telinha, candidatos se nivelam. Ideias dos concorrentes, se colocadas em prática, teríamos as cidades dos sonhos de Alice no País das Maravilhas.

TÁ NA CARA - Gilberto Fonseca é um terapeuta de competência e caráter duvidosos. Após incidente com paciente famoso, se vê obrigado a administrar a repercussão negativa do caso, Neste momento, surge em seu consultório, Vera Fischer, que insiste em ser atendida. Enredo de ‘Ela é o Cara’, com Vera Fischer e Edson Fieschi, sábado e domingo, no Teatro Glauce Rocha. Promoção Jamelão e Pedro Silva.