A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 30 de Março de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


01/06/2016 11:47

Horário Eleitoral terá vitória do rádio em Dourados

Reinaldo Rosa

SUPERVALORIZADO – Em Dourados, o rádio será o veículo mais importante na campanha eleitoral deste ano. A cidade não conta com um canal de TV para que candidatos possam emitir a cantilena de sempre em busca de votos. Simples assim.

ZERO À ESQUEDA – A Rede Internacional de Televisão (RIT), do pastor Romildo Rosa Soares, é responsável pela geração de programas eleitorais locais. Com a estranha mania de registrar traço na audiência, a emissora é desprezada por caçadores de votos.

DOIS PESOS – A geração da TV Morena está baseada em Ponta Porã, e é detentora da maior audiência na região de Dourados. Proibida de exibir campanha de outras localidades, a emissora simplesmente tira o sinal do ar durante o período eleitoral.

UMA MEDIDA – Com a volta do sinal (em Dourados), a emissora passa a exibir aquelas inserções, de 30 segundos, durante o horário nobre. Dos candidatos de Ponta Porã. Entendeu?

MERCADO FUTURO – Tornando-se conhecidos nas duas maiores cidades da região, candidatos de Ponta Porã se habilitam a campanhas futuras como deputados estaduais ou federais. Não se sabe se eles agradecem a falha de operacionalização da TV Morena.

INVERSÃO DE VALORES – Com geração a partir de Ponta Porã, concorrentes de douradenses ficam sem o veículo que lhes proporcionaria maior visibilidade. A considerar: o maior faturamento da TV Morena é conseguido junto ao comércio de Dourados.

COISA NOSSA – Áureos tempos de Antonio Carlos Magalhães, como ministro das Comunicações, proporcionaram discutíveis formas de concessões de veículos de comunicação. Bom relacionamento com representante da bancada federal de MS resultou na implantação da TV Morena em Ponta Porã. Sempre deficitária comercialmente.

EU ESCOLHO – A miopia do empresário José Elias o fez enxergar e apostar na programação da rede Band ao implantar a ‘TV Caiuás’, em Dourados, obtendo alguns bons resultados. Transformada em acessório arrecadador de R. R. Soares, através da RIT, virou traço na audiência.

RIBALTA – O deputado Maurício Picarelli anunciou nesta segunda-feira sua saída de cena de retransmissoras de TVs locais. Maior dedicação à família e à atuação parlamentar foram os argumentos mencionados pelo apresentador.

ESSE NÃO – Nas manchetes que abrem o ‘Jornal Nacional’ desta terça-feira, a tchurma de Willian Bonner chamou a atenção por um detalhe: não mencionou o indiciamento do bigboss do Bradesco pelo MPF. Ato falho da emissora, pois ‘ajudaria’ o indiciado já que a acusação contra ele é improcedente. Aos grandes anunciantes, tudo.

Com berço em MS, sertanejo universitário esnoba cultura
QUEM GOSTA – Leitor alerta que “sertanejo universitário nasceu em MS; tem os cincos estúdios mais importantes do país; gera centenas de empregos, etc...
Minissérie deve abrir mente de quem desconhece a ditadura
A DIREITA VOLVER – No ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, mestre Sérgio deitou falação sobre inconsequência, de alguns, pela volta da ditadura militar. P...
Radiojornalismo parado no tempo e no espaço
VERDADE DE CADA UM – Radiojornalismo de Campo Grande parou no tempo e espaço; grade criada – há tempos por alguns – não abandona a rotina. Loucos por...
Mudança da faixa AM para FM agita mercado radiofônico
MUNDO PEQUENO – Com o ‘estreitamento do mundo’ pela internet, sucessores de rádio de Campo Grande dirigem a emissora a partir de cidade americana. Mo...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions