A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


24/04/2015 09:59

O céu e inferno nas ondas da imprensa e televisão

Reinaldo Rosa

CALHAU – Repetidas até a exaustão nos noticiosos, as regras do aplicativo da TV Morena poderiam ficar apenas no site da emissora. O tempo determinado para tal anúncio dá impressão de espaço a ser preenchido na atração.

NA BOA - Elson Pinheiro, no ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, fez análise responsável e que envolve comportamento da imprensa; arquivar fatos que mexem com figurões da sociedade local. Cadeia é feita para minorias que todos conhecem.

CANAL ABERTO – Pelo andar da carroça e de inquéritos policias é certo que o horário de sete horas, aos sábados, na Rádio Difusora, ficará vago para futuras locações. Atual ocupante do referido espaço não conseguiu segurar audiência.

AO CÉU – O homem de deus conhece os caminhos que levam ao inferno. Ó glória inglória.

EM GOTAS – Os informes fracionados na Rede MS, deixam espectadores na base do ‘quero mais’. O entra-e-sai no ar da competente Elen Genaro poderiam ter maior espaço na programação da emissora do Noninho.

DE MOLHO – A quem interessar possa, a jornalista Laureane Schimidt ficará mais um tempo fora da telinha morena. Chegada ao mundo do filho Lorenzo é a razão maior.

50 ANOS – Na serie que o ‘Jornal Nacional’ comemora os 50 anos da rede Globo há um pouco de tudo. Até reconhecimento de erros comportamentais –digamos assim- em relação à maquiagem de notícias do interesse público (e não do privado). A emissora não erra nunca; apenas se equivoca.

GLOBO DE OURO - A gravação da festa de 50 anos da Globo, aconteceu na noite desta quinta-feira, no Maracanãzinho, no Rio. As pessoas que mais chamaram a atenção no evento não têm o crachá da emissora: Xuxa e Silvio Santos, homenageados no telão. De resto, muita música e encontros com a tradicional qualidade global. O especial será exibido amanhã, após ‘Babilônia’.

SEM CONTEÚDO - Segundo Boni, “Xuxa fez uma besteira. Não vai conseguir brigar com a Globo. Se não estava dando audiência com todo o poderio da emissora, como vai dar audiência na Record? Difícil a Record arranjar um bom conteúdo para ela", afirmou no site Na Telinha.

NADA ESPECIAL - O “Na Moral” ganhou edição especial dedicada a discutir como “a moral da época se reflete na TV” e por que os vilões fascinam tanto os espectadores. O programa de Bial foi ao ar já na madrugada desta sexta-feira e o debate, centrada na forma como a televisão representa os homossexuais, deixou a desejar. Para quem não assistiu; o falastrão pastor Malafaya foi o mesmo de sempre.

À espera das novidades anunciadas por rede de tv
AQUELE ABRAÇO – Impecável a produção dos abraços que anuncia nova fase da Rede Mato-Grossense de Televisão. Seja lá o que o fato queira atingir nós, ...
O adeus a um dos pioneiros da televisão em MS
AUSÊNCIAS – Na semana passada, Gilberto Carvalho Vargas, o Gibão, morreu em consequência de pneumonia e falência renal. Passou pela rede Globo, de on...
Quadro 'preso' dá oportunidade a falas oportunistas na tevê
FALANDO AO ELEITOR – No prende-e-solta da cadeia quadro polêmico de artista plástica mineira, surgem os oportunistas de plantão. O apresentador Maurí...
Entrevista na rádio ganha tom de pregação
TANGENTES – Entrevistas, realmente, não mantém expectativas de interesse do ouvintes do rádio jornalismo. Fala do deputado Rinaldo Modesto, no 'Tribu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions