A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


24/04/2015 09:59

O céu e inferno nas ondas da imprensa e televisão

Reinaldo Rosa

CALHAU – Repetidas até a exaustão nos noticiosos, as regras do aplicativo da TV Morena poderiam ficar apenas no site da emissora. O tempo determinado para tal anúncio dá impressão de espaço a ser preenchido na atração.

NA BOA - Elson Pinheiro, no ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, fez análise responsável e que envolve comportamento da imprensa; arquivar fatos que mexem com figurões da sociedade local. Cadeia é feita para minorias que todos conhecem.

CANAL ABERTO – Pelo andar da carroça e de inquéritos policias é certo que o horário de sete horas, aos sábados, na Rádio Difusora, ficará vago para futuras locações. Atual ocupante do referido espaço não conseguiu segurar audiência.

AO CÉU – O homem de deus conhece os caminhos que levam ao inferno. Ó glória inglória.

EM GOTAS – Os informes fracionados na Rede MS, deixam espectadores na base do ‘quero mais’. O entra-e-sai no ar da competente Elen Genaro poderiam ter maior espaço na programação da emissora do Noninho.

DE MOLHO – A quem interessar possa, a jornalista Laureane Schimidt ficará mais um tempo fora da telinha morena. Chegada ao mundo do filho Lorenzo é a razão maior.

50 ANOS – Na serie que o ‘Jornal Nacional’ comemora os 50 anos da rede Globo há um pouco de tudo. Até reconhecimento de erros comportamentais –digamos assim- em relação à maquiagem de notícias do interesse público (e não do privado). A emissora não erra nunca; apenas se equivoca.

GLOBO DE OURO - A gravação da festa de 50 anos da Globo, aconteceu na noite desta quinta-feira, no Maracanãzinho, no Rio. As pessoas que mais chamaram a atenção no evento não têm o crachá da emissora: Xuxa e Silvio Santos, homenageados no telão. De resto, muita música e encontros com a tradicional qualidade global. O especial será exibido amanhã, após ‘Babilônia’.

SEM CONTEÚDO - Segundo Boni, “Xuxa fez uma besteira. Não vai conseguir brigar com a Globo. Se não estava dando audiência com todo o poderio da emissora, como vai dar audiência na Record? Difícil a Record arranjar um bom conteúdo para ela", afirmou no site Na Telinha.

NADA ESPECIAL - O “Na Moral” ganhou edição especial dedicada a discutir como “a moral da época se reflete na TV” e por que os vilões fascinam tanto os espectadores. O programa de Bial foi ao ar já na madrugada desta sexta-feira e o debate, centrada na forma como a televisão representa os homossexuais, deixou a desejar. Para quem não assistiu; o falastrão pastor Malafaya foi o mesmo de sempre.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions