A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


16/05/2016 11:42

Opinião e conjuntura nacional mudam de estação de rádio

Reinaldo Rosa

CHEGUEI PRIMEIRO – O ‘Tribuna Livre’, da FM Capital, é líder de audiência no rádio jornalismo de Campo Grande. Iniciativa – e perseverança – de Rui Pimentel, o tempo em que o informativo se mantém no ar resultou na atual liderança.

QUEBRA DE BARREIRA – Estreita ligação da classe política com empresários da comunicação –rádio em especial – manteve o jornalismo em plano secundário por muito tempo. A acanhada libertação dessa amarra proporciona maior participação de profissionais que fazem da notícia seu mister.

CUMPRIR TABELA – Regra remanescente da ditadura militar, informativos têm de ser colocados na programação diária de emissoras de rádio e televisão. Em Mato Grosso do Sul, a informação apenas cumpria a determinação em pequenos boletins pinga gotas.

LESMA LERDA – A enxurrada de notícias sobre fatos que acontecem à toda hora provocou a abertura de novos horários para a informação através do rádio de MS. Informativos televisivos matinais, vespertinos e noturnos demoraram para serem considerados, também, como alavancadores de audiência radiofônica.

EM 20 MINUTOS – Tudo pode mudar. Slogan da Band News FM justifica a abertura de novos horários para o rádio jornalismo. ‘Resenha da Cidade’, em Amambai; ‘RCN Notícias’, na Cultura FM, em Paranaíba e, ‘Capital Meio Dia', FM Capital, são alguns dos noticiosos transformados em espaços para a formação de opinião. Audiência é questão de tempo.

MIOPIA – Há décadas, a Rádio Bandeirantes, de São Paulo, era líder em transmissões esportivas. Ao ampliar a pauta jornalística, tornou-se uma das mais sintonizadas do país; Band News é a prova. Rádio Jovem Pan foi na cola; mesmo optando pela pauta parcial favorável aos plantonistas dos poderes constituídos.

OS CULPADOS – Sinal dos tempos, sites de notícias provocaram mudanças no hábito da obtenção de notícias. Jornalões nacionais – e mundiais – acusaram o golpe e se atualizaram com versões eletrônicas. Emissoras de rádio sul-mato-grossenses ainda insistem na audiência proporcionada por vitrolões de musicais de fácil digestão.

FAMOSO QUEM – A televisão emite cerca de 700 comerciais por dia. Por mais elaborados e criativos que sejam as produções, poucos registram bom recall frente aos telespectadores. O que dizer, então, de mensagens radiofônicas que têm a simples leitura de textos de produtos e serviços?

MÚLTIPLA ESCOLHA – Responda em trinta segundos: qual empresa, produto e/ou serviço anunciados em emissora de rádio que o leitor se lembra?

Comércio local fora do horário nobre
DE BRISA – TV Morena continua com tabela de preços discricionária em sua grade publicitária. No horário nobre não existe veiculação significativa de ...
TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions