A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


23/02/2015 11:03

Propina marca presença nas programações de TV e rádio

Reinaldo Rosa

NÃO É BEM ASSIM – O apresentador deputado estadual Maurício Picarelli afirmou que ‘O Povo na TV’ tem o formato criado por ele na década de 80. Roberto Jefferson e o programa original (incluindo o nome) já estavam no ar quando a TV Campo Grande ainda nem existia.

REPÚBLICA DA BANANA – Comunicação da capital aborda frustrações da administração Gilmar Olarte. Vereadores que defenestraram Alcides Bernal gostaram da experiência e ‘emparedam’ o alcaide de plantão. Na falta de projetos de interesse da população, acenam com CPI do buraco e blá blá blá de sempre. E la nave vá. Ópera bufa nas ondas do rádio e TVs.

VÃO BORA VÃO BORA – Logo após o ‘Dois giros da Notícia’ (360 graus), de Arthur Mário, na Rádio Cultura, entra no ar o programa de Reinaldo Ayala com empolgante tema musical. Aborda a pujança, progresso e crescimento da cidade. De São Paulo.

JORNALISMO NOVO – Assim que se faz. Comunicação oficial do Estado tem novo coordenador, como acontece em toda troca de mandatários do Executivo. Tarimbado e respeitado jornalista –com experiência de correspondente de jornalão nacional - é exonerado e novos coleguinhas são admitidos.

BEM CABOCLO – Programa comandado por Brejinho, na TV Guanandi, prega peças nos espectadores. O apresentador anuncia execução de música e, antes, dá-lhe de anúncios de patrocinadores; o tal ‘Shopping da Cidade’ também tem vez no mesmo intervalo. Muito tempo depois, vem o ‘modão’ anunciado anteriormente. Jogo de paciência.

MODELO – Matéria do ‘Fantástico’, da rede Globo, realçou participação do senador José Agripino Maia na falcatrua envolvendo a famigerada ‘Inspeção Veicular’, no Rio Grande do Norte (e espalhada pelo País). Do exterior, onde curte as delícias proporcionadas pelo dinheiro público, Zé Agripino negou o pepino com clássica e desmoralizada declaração dos que detém o poder. PSDB não é disso.

PERGUNTA TAGARELA – Será que depois dos desvios possíveis em lei como a tal ‘Inspeção Veicular’ será abandonada por vereadores da capital sul-mato-grossense?

HORA CERTA – Economia proporcionada pelo período do Horário de Verão foi calculada em cerca de 250 milhões de reais. É troco diante do propino duto da Petrobrás explorado por uma só pessoa do conluio.

LIÇÃO DE CASA – A quem possa interessar. Responsáveis por programações de rádio de Mato Grosso do Sul –principalmente da faixa de AM- têm exemplo de atividade radiofônica feita com a qualidade como objetivo. Basta sintonizar: http://www.pinhalradioclube.com.br.

Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. ...
Música regional de MS é atração rara nas emissoras locais
ESTRELAS FAZEM SINAL – Paulo Simões, Geraldo Roca, autores da música 'Trem do Pantanal', considerada hino não oficial de MS, não têm o destaque merec...
Só um 'não' ao ouvinte pode tirar rádio da mesmice
LINHA FECHADA – Quando é preciso dizer ‘não’. Difusora AM também abre espaço para atendimento de pedidos musicais dos ouvintes. Perigo à vista; maior...
Rádio muda pouco na mudança da faixa AM para FM
NADA DE NOVO – Bolo gigante recheado de alianças na festa do dia de Santo Antonio, nesta terça-feira foi, de novo, notícia na TV Morena. E, novamente...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions