ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 24º

Em Pauta

É guerra ou morte (falência): o giro na economia

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 23/03/2020 15:18
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A quem interessa agredir a China? Esta é a hora de debatermos adiamento de eleições? A brutal crise do coronavírus tem de levar o presidente da República a um plano de salvamento que ande a um ritmo e volume sem precedentes na história.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

As bases do ultra liberalismo estão corroídas.

Quando Guedes chegou ao poder, prometeu converter-se no maior desregulados da economia. A essência de sua gestão era "o governo não soluciona problemas. O governo é o problema". Esse ideário está corroído pela realidade. O vírus o matou. Nada mais resta, ainda que Guedes insista em não enterrar o cadáver. É um zumbi.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Um grande plano de emergência.

O Brasil gera de receber um grande plano de emergência. Não são pequenas medidas, como as que foram até agora tomadas, que nos livrarão do colapso econômico. Uma gigantesca injeção de dinheiro tem de ser colocada em marcha pelo governo. Algo que nunca vimos. E que seja válido para empresas e cidadãos.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Pelo menos um salário mínimo para os informais.

A ideia quem em sendo adotada por outros países, inclusive pelos Estados Unidos, é de destinar cheques a todos os trabalhadores que vivem na informalidade de pelo menos um salário mínimo. Os EUA, passarão a pagar US$ 3 mil a cada trabalhador informal. Qualquer valor menor que um salário mínimo criará um gigantesco contingente de pobres que serão jogados na mais absoluta miséria.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Sem impostos e com crédito de longuíssimo prazo.

Não há a menor possibilidade de dar certo a alternativa monetária de retirar dinheiro do Banco Central e alocá-lo nos demais bancos. É inútil e só interessa aos banqueiros e a poucos setores da economia que não necessitam de ajuda substancial. Os bancos governamentais terão de criar linhas especiais de crédito para as pequenas e médias empresas, com substanciais aportes de dinheiro a ser pago em dezenas de anos, e com absolutamente nenhum juro ou correção de qualquer tipo. Comprar dinheiro fiado e pagar exatamente o mesmo valor comprado.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Intervenção nas indústrias.

As medidas devem ser de guerra. Há necessidade de intervir nas indústrias para que algumas delas garantam a produção de materiais necessários para a nação. É cômico e dramático ver tantos correrem atrás de álcool para desinfecções. É vergonhoso saber que podemos nos converter nos maiores produtores mundiais de todos os tipos de álcool. As mudanças na usinas de álcool são pequenas para chegarmos a esse patamar. E esse é tão somente um exemplo das várias intervenções que temos que promover.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Um brutal desemprego se avizinha.

As medidas tomadas pelo governo foram insuficientes para que tenhamos um patamar aceitável de desemprego. Algo em torno de 5% de desempregados seria a meta razoável. Estamos além do dobro dessa meta. Será muito pior. Bateremos todos os recordes. Certamente não será inferior a 20% de desempregados. Essa é a taxa que o governo Trump está estimando para seu país. E eles vivem eternamente com taxas próximas a 5%.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Grandes também devem entrar no pacote.

Caso o governo não selecione alguns setores da economia, veremos uma devastação que não imaginamos. Como ficarão as empresas de aviação? Serão liquidadas em brevíssimo tempo caso o governo não destine verbas substanciais a todas. E os hotéis? O país ficará sem sua rede hoteleira em pouco tempo. Há outros setores que necessitarão de auxílios governamentais imediatamente. Aéreas e hotéis são apenas exemplos.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O preço que a China pagou para deter o vírus.

O coronavírus já se mede em números na China. A produção industrial - uma métrica fundamental para a "fábrica do mundo" - caiu 13,5%. As vendas do comércio tiveram um resultado ainda pior - queda de 20,5%. Os investimento em produção caíram 24,5%. O consumo de eletricidade - um indicador que ninguém discute - foi reduzido em 7,8%. O desemprego chegou a inacreditáveis 6,8%.  Para um país que vive o pleno emprego há décadas, esse é um dado assombroso. Equivale a muito mais de 20% no Brasil. Este era o ano em que eles projetavam acabar com a pobreza. Ela aumentará. As previsões da queda do PIB nos três primeiros meses de 2020 vão de - 4% a -9%. O preço do combate ao vírus é altíssimo, mas tem de ser pago. O governo chinês está com um pacote, que estimam, de mais de um trilhão de dólares para alavancar sua economia novamente. A maior parte será gasto para a manutenção dos empregos e para que as empresas contratem novos trabalhadores.