ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 25º

Em Pauta

La ultima gambeta del Diós Maradona. Melhor que Pelé.

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 26/11/2020 07:39
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
"Melhor que Pelé. Maior que El Che". O cântico de guerra dos argentinos causava furor e perplexidade nos estádios. O argumento tem solidez. Pelé nunca esteve sozinho. Jogou sempre acompanhado por, pelo menos, meia dúzia dos melhores jogadores do mundo. Diós Diego quase sempre foi um solitário. Carregou sozinho sua seleção rumo ao título. Transformou o pequeno Napoli em um gigante. Boca e Barcelona foram apenas pontes para objetivos maiores. Pelé também tinha futebol para ser considerado o melhor. Mas nunca se fez ouvir fora das quatro linhas. Um mudo. Diego defendeu todas as causas sociais, se fez ouvir. Corajoso dentro e fora do campo. O maior carisma de todos os tempos. O maior ídolo.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade



Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

La ultima gambeta.

Maradona deu a ultima "gambeta", o último drible, ao vencer um edema cerebral. Tantos anos de excessos, descuidos e conflitos emocionais, terminaram por corroer sua saúde. Maradona tinha só um corpo. Suas dependências químicas travaram uma luta desigual. Sua última aparição foi assustadora, parecia ter 80 anos... ou mais. Só caminhava com o auxílio de dois homens. Os imortais também sofrem.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Sacudiu o mundo.

Seu caráter admirável. Um personagem que só teve igual em Sócrates. Sua vida sacudiu o mundo esportivo. Sua morte sacode o planeta. Um colapso de tristeza sem data para terminar. A dor que começa a flutuar nas ruas de Buenos Aires não será dessas que dissipem em anos e sim em gerações. A morte de Diego Armando Maradona é o final da idade dos heróis. Dos conquistadores, de taças e de corações. Sem ele, o futebol passa a pertencer aos playboys.

E todo o povo cantou.
Maradó, Maradó
Nasceu a Mão de Deus.
Trouxe alegria ao povo.
Olé,olé, olé
Chegou na favela de lata.
Partiu para a história.
Maradó, Maradó!!!

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário