A notícia da terra a um clique de você.
 
28/04/2019 08:15

Mandarim é o idioma da moda nas melhores escolas

Mário Sérgio Lorenzetto
Mandarim é o idioma da moda nas melhores escolas

Enquanto o Brasil presencia uma crescente sinofobia (aversão a tudo que for da China), artificialmente criada por um guru, entra na moda nas escolas dos mais ricos países o ensino do mandarim.

Talvez o mundo esteja errado e o Brasil esteja no caminho correto ao adotar essa política de exclusão. Não será a primeira e nem a última vez que não admitimos o óbvio. Afinal, a China não deve ter nenhuma chance de ser o verdadeiro gigante do presente e do futuro, posto que cobiçamos há séculos. País que está se tornando o maior Império do século XXI, a China tem sua língua - o mandarim - estudada pela maioria das crianças da elite mundial.

Mandarim é o idioma da moda nas melhores escolas

Mandarim já é a segunda língua para a elite dos EUA, Inglaterra e Espanha

A elite mundial abandonou o estudo do alemão e do francês. Colocou suas crianças para estudar mandarim. O primeiro exemplo surgiu na Inglaterra. O ex-primeiro-ministro David Cameron, instou a todas as escolas a adotar o mandarim no lugar do francês em 2013. Por lá já existem 100.000 crianças falando chinês. Logo a seguir, foi a vez da Espanha. Na Península espanhola já são contabilizadas 52.000 crianças falando mandarim.

Mas o maior exemplo vem dos Estados Unidos. Na terra do Tio Sam o mandarim é a terceira língua mais falada por quase 3 milhões de pessoas.

Mandarim é o idioma da moda nas melhores escolas

Estão ensinando mandarim desde a creche

As crianças da elite europeia e norte-americana estão aprendendo mandarim desde a creche até o bacharelado. Para as crianças que começam esse estudo por volta dos 10 anos de idade, os professores afirmam que chegarão até a faculdade, no máximo, ao nível A1, o mais básico dos seis níveis para falar e escrever fluentemente essa língua.

As famílias que investem mais recursos na educação de seus filhos estão os enviando para acampamentos de imersão na China. Uma opção cara - por volta de quatro mil e quinhentos euros saindo da Europa ou da Califórnia - inclui passagens aéreas, hospedagem em famílias chinesas e aulas diárias de mandarim.

Mandarim é o idioma da moda nas melhores escolas

Mandarim em Campo Grande é ensinando em uma sala de 2x2 metros quadrados

Até há pouco tempo só havia um professor de mandarim em Campo Grande, ensinando em uma pequeníssima sala. Nossa elite nem pensa em colocar suas crianças para estudar a língua que será falada no mundo. Alguns pensavam no perigo comunista.

Esclarecidos que esse perigo não existia em nossa cidade, pois o professor veio da China que sempre foi capitalista - República da China -, também conhecida como Taiwan, muitos se mostraram surpresos com a “novidade” de que existem duas Chinas.

imagem transparente
Busca

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.