ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 14º

Em Pauta

O homem que piscava e o enigma dos átomos

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 01/04/2020 07:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Quantas vezes por dia nós piscamos? Quinhentas? Mil? Você não faz ideia, claro. É além da imaginação, piscamos 14 mil vezes ao dia. No total, nossos olhos ficam fechados por quase meia hora enquanto estamos acordados. Só que ninguém precisa pensar em explicações como, por exemplo, qual a diferença entre tendões e ligamentos, ou o que fazem nossos gânglios linfáticos. A cada segundo, todos os dias, nosso corpo executa uma quantidade literalmente incalculável de tarefas - um quatrilhão, um nonilhão, um vigintilhão (essas quantidades existem, não estou inventando). Enfim, um número inimaginável, sem exigir um instante sequer da sua atenção.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Em 1 segundo, produzimos 1 milhão de glóbulos vermelhos.

Desde que você começou a ler esta frase, há pouco mais de um segundo, teu corpo produziu 1 milhão de glóbulos vermelhos. Eles já estão percorrendo teu corpo, viajando rapidamente por tuas veias, mantendo-o vivo. Cada um desses glóbulos vermelhos circulará por teu corpo cerca de 150 mil vezes, levando óxido a tuas células sem parar. É um trabalhador inigualável. Depois, gastos e inúteis, se apresentarão a outras células e serão calmamente aniquilados. Um pelotão de fuzilamento sem par para comparar.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O mistério dos 7 octilhões de átomos.

Acredite, no total, O mistério dos 7 octilhões de átomos.são necessários 7 bilhões de bilhões de bilhões (ou seja, 7.000.000.000.000.000.000.000.000.000 ou octilhões) de átomos para construir um ser humano. Não se sabe porque esses 7 octilhões de átomos sentem uma urgência tão grande de serem você. Afinal, são partículas sem vida, não há pensamentos ou ideias neles. E, contudo, de algum modo, enquanto existirmos, eles continuarão a construir e manter funcionando todos os incontáveis sistemas e estruturas necessários para que você continue em movimento, para que você seja você. Para que continue usufruindo da condição rara e sumamente agradável conhecida como vida.