ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 14º

Em Pauta

Olimpíadas: covid, retirada de patrocinadores e crise ideológica

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 20/07/2021 07:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O pessimismo reina nos Jogos Olímpicos no Japão. Já são quatro os atletas alojados na Vila Olímpica que testaram positivo à covid: dois jogadores de futebol da África do Sul, um jogador de vôlei de praia da República Tcheca e uma ginasta norte-americana. Todos em estrito isolamento. A eles se somam dezenas de outros atletas que tiveram contato com eles e também foram para o isolamento. Temem uma catástrofe na Vila Olímpica pois quase 25% dos atletas se negaram a vacinar. Esse é o mesmo percentual dos atletas brasileiros. Apenas 75% aceitaram a vacina. Crise na saúde.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Toyota está fora.

O fabricante de carros japoneses Toyota anunciou que está se retirando dos Jogos Olímpicos. Argumenta que os jogos não contam com o apoio da população. Além de retirar o apoio, seu diretor executivo, Akio Toyoda, não assistirá a cerimonia inaugural para desligar-se totalmente dos jogos. Há outras 60 empresas nipônicas que estão enfrentando o dilema de romper seus vínculos com os jogos ou continuar associando sua marca com os mesmos. Crise financeira.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Racha com a Coreia do Sul.

No plano político, os Jogos Olímpicos estão servindo como cenário para aumentar as agressões entre o Japão e a Coreia do Sul. O presidente coreano Moon-Jae-in viajaria para Tóquio. Teria uma reunião com os mandatários japoneses para reduzir as agressões. Seul anunciou "obstáculos de última hora" e, assim, estão encerradas as conversações diplomáticas entre os dois países. Há fortes disputas comerciais, territoriais e ideológicas. Crise política.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A questão das bandeiras.

Há outra polêmica envolvendo as duas nações. Depois de grupos de extrema direita japoneses terem protestado contra uma bandeira sul coreana, o Comitê Olímpico decidiu proibi-la. A bandeira dizia: "Conto com o apoio de 50 milhões de coreanos", faz alusão às palavras de um herói coreano durante as invasões japonesas de 1592 e 1598. A Coreia do Sul respondeu solicitando a proibição da bandeira japonesa com o sol nascente, de onde emanam 16 raios. Entende que é uma bandeira da Segunda Guerra, imperialista. Compararam à suástica nazista. O Comitê Olímpico também proibiu essa bandeira.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário