A notícia da terra a um clique de você.
 
19/10/2017 06:31

Prêmio Darwin para o mais idiota do mundo

Mário Sérgio Lorenzetto
Prêmio Darwin para o mais idiota do mundo

O prêmio Darwin reconhece aquelas pessoas que colaboraram com a evolução da espécie humana eliminando seus genes do acervo comum da humanidade, mediante sua esterilização ou morte. Para ganhar um prêmio Darwin os possíveis candidatos devem liquidar-se a si próprios da forma mais estúpida que for possível, melhorando desta maneira as possibilidades de que nossa espécie sobreviva sem os genes desses "artistas da idiotice". A maioria dos premiados são póstumos, mas há também algumas menções de honra a pessoas que sobreviveram com sua capacidade reprodutiva intacta. Um deles é Larry Walters. Esse californiano acoplou 45 globos meteorológicos cheios de gás hélio a seu trator. Pegou alguns sanduíches, algumas cervejas e uma pistola pois teria de atirar nos globos para descer e se preparou para o voo. Esse caminhoneiro que sonhara ser piloto de avião pediu a um amigo que cortasse as amarras mas não começou a flutuar suavemente como imaginava. O artefato saiu voando como uma bala de canhão. Não se estabilizou aos 10 metros de altura. Nem aos 100. E nem aos 1.000. Alcançou mais de quase 5 mil metros de altura e invadiu o corredor de entrada do aeroporto de Los Angeles. Vários pilotos avisaram a torre de que não podiam acreditar no que estavam vendo. Depois de passar 14 horas em um ambiente ultra gelado, sobreviveu. Ainda teve de pagar uma multa de milhares de dólares, depois de sair do hospital, por invadir o espaço aéreo do aeroporto. É claro que Larry Walters ganhou o prêmio Darwin de 1983.

Prêmio Darwin para o mais idiota do mundo

As diferenças entre homens e mulheres no papel de idiotas.

As diferenças entre homens e mulheres tanto em mortandade como em admissões em emergências de hospitais são bem conhecidas. Entre as causas estão os danos fortuitos, as lesões praticando esportes e os acidentes de trânsito. Algumas dessas diferenças podem atribuídas a fatores culturais ou sócio-econômicos: os homens participam mais em esportes de contato e de risco. A maioria dos postos de trabalho que oferecem mais riscos estão ocupados por homens. Mas há outro grupo de homens. São aqueles dispostos a assumir um enorme risco desnecessariamente, sem nenhum benefício e com alta probabilidade de acabar mal, de fato, muito mal.
Um estudo publicado no British Medical Journal utilizava os prêmios Darwin para explicar a chamada "male idiot theory" (teoria da idiotice masculina). Segundo essa hipótese muitas das diferenças nos comportamentos de risco, as frequências de ingressos nos serviços de emergência ou a mortandade poderia ser explicada por um postulado: nós homens somos mais idiotas e os idiotas fazem coisas estúpidas. Levante a mão o homem que nunca cometeu uma idiotice. Ninguém?

Prêmio Darwin para o mais idiota do mundo

O roubo de cabo de um elevador.

Outro vencedor do Prêmio Darwin foi o ladrão que tentou roubar o cabo de um elevador soltando-o enquanto estava dentro do elevador. O elevador caiu no solo matando o ladrão. Outro, tão famoso quanto o primeiro, tentou dar um golpe na empresa de trem. Para não pagar o bilhete atou um carrinho de supermercado ao último vagão. Subiu no carrinho e foi arrastado por três quilômetros antes do maquinista dar conta do que ocorria e deter o trem e retirar o corpo do espertalhão. Nesse quesito - espertalhões - os brasileiros estão proibidos de se inscreverem no Prêmio Darwin, não há como competir conosco.
O meu favorito nas premiações Darwin é o terrorista que enviou uma carta bomba sem pagar o que era inteiramente devido, faltaram alguns centavos, e quando lhe foi devolvida pelo correio abriu a carta sem vacilar. Mas tenho alguma dúvida se o "masturbador em máquina" não é superior ao terrorista. Esse homem se masturbava com as máquinas da oficina onde trabalhava. Aproximava seu pênis da correia de uma máquina, enquanto seus companheiros saiam para os minutos de folga. Em um momento final de entusiasmo se aproximou demasiadamente da correia, que enganchou seu escroto e o lançou a vários metros de distância. Ao ver a ferida - perdeu o escroto esquerdo de fato - decidiu reparar a avaria utilizando uma pistola de grampos. Quando foi levado para a emergência de um hospital tinha o escroto sobrevivente do tamanho de uma laranja, oito grampos oxidados cravados na pele e ainda perdeu o prêmio Darwin quando comprovaram que o escroto sobrevivente podia produzir espermatozoides. O masturbador podia levar seus genes a novas gerações de idiotas.

Prêmio Darwin para o mais idiota do mundo

E o Prêmio Darwin vai para....

Foram 413 pessoas nominadas para receber o Prêmio Darwin desde seu início em 1995. Só foram aceitas as inscrições de 332 idiotas dos 413 que tentaram. Desses 332, somente 14 foram compartilhados por homens e mulheres que se aventuraram em posições sexuais comprometedoras para suas sobrevivências. Portanto, restaram 318 concorrentes para ser escolhidos. Dos 318, nada menos de 282 eram homens (89%) e apenas 36 mulheres (11%). Não sabem porque os homens são mais premiados. As diferenças podem ser devidas a aspectos genéticos, psicológicos ou até a excessos com o álcool. Dois grupos de homens foram premiados devido ao álcool excessivo. O primeiro grupo a ser premiado jogava uma variante da roleta russa. Eram três amigos que tomavam um trago e saltavam em um terreno cheio de minas que sobraram da guerra no Cambodja. Um trago, saltavam e nada acontecia. Outro trago, e novamente, nada ocorreu. No terceiro trago, acertaram uma mina que explodiu e matou os três idiotas. O segundo premio relacionado aos excessos com o álcool foi para outro grupo de amigos. Eles decidiram repetir a façanha de Guilherme Tell, mas como não tinham uma maçã nas mãos, usaram uma lata de cerveja. O resultado foi o que imaginaram. Mas a relação entre álcool e idiotice não pode ser comprovada pelo prêmio Darwin, somente dois em 413 nominados é quase nada.
Há dúvidas sobre porque os homens assumem esses riscos desnecessários. Pode ser um rito de passagem, uma forma de assombrar os amigos e avançar na hierarquia do grupo, uma maneira de conseguir sexo, seja pela estupefação ou lástima da observadora. O fato é que nós homens somos mais idiotas do que acreditamos e os idiotas fazem coisas estúpidas. Mas lembrem-se, os brasileiros somos proibidos de nominações dentre os espertalhões.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.