A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Novembro de 2018


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


12/06/2018 14:50

Congelamento e tabelamento de preços não funcionam

*Por Emanuel Steffen

O governo quer fixar o preço do diesel nas bombas de combustível, e quer também tabelar o frete dos caminhoneiros. Existem vários motivos que demonstram que tal estratégia está errada. Vamos citar quatro delas:

1) Falta de sincronismo: quando o governo decide congelar preços ele o faz em determinado momento do tempo. Contudo, em qualquer momento do tempo temos os fornecedores que reajustaram para cima ou para baixo determinado preço.

Quando o governo exige a manutenção do preço em determinada data várias das empresas estavam com preços defasados naquela data (seja porque iriam reajustar o preço no dia seguinte, seja porque estavam interessadas em ganhar mercado, etc.). Tais empresas não são capazes de manter o preço baixo por muito tempo, e acabam sendo obrigadas a reajustar seus preços ou ir a falência.

2) Preço como sinal de mercado: o preço reflete a escassez relativa de uma mercadoria, ao congelar o preço tal informação se perde. Em outras palavras, passa a ser impossível a realização do cálculo econômico de viabilidade de determinado negócio. Sem informações de preço o empresário não sabe se deve aumentar ou diminuir a produção, e não tem como inferir onde deve investir.

3) Ao se fixar o preço de um produto é necessário fixar também o preço de quase todos os outros: quando o governo decide fixar o preço do frete ele precisa também compensar as pessoas que irão ter que pagar por um frete mais caro que demandarão maior preço a seus produtos, esse mecanismo se repete ao longo de toda cadeia produtiva. Em resumo, para se tabelar um preço é necessário o tabelamento de vários outros ao mesmo tempo.

4) A realidade: esse é o mais poderoso dos argumentos. O plano Cruzado, o Plano Bresser, a década de 1980…. não faltam exemplos de que toda vez que o governo congelou ou tabelou preços a estratégia deu errado.

O que estou dizendo não é nenhuma novidade. Mises já escreveu isso em 1920, e Hayek deixou isso mais claro a partir da década de 1940. A ideia de se congelar/tabelar preços já está demonstrada errada há 100 anos….

Disclaimer: fonte.Adolfo Sachsida\instituto liberal.org.br. A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

Qual a diferença entre globalismo e globalização econômica
Globalismo e globalização econômica: um é o oposto do outro. Defender o segundo não implica defender o primeiro. Com a ascensão do populismo nos país...
Dominar a mente é a chave para ser bem sucedido
É interessante como treinamos nossas mentes ao longo da vida para aceitar certas coisas que, se usássemos lógica simples, jamais aprovaríamos. E quan...
Qual a ideologia do mecanismo que governa o país
Este artigo foi originalmente publicado no início de abril de 2018. Com as recentes reviravoltas eleitorais, políticas e judiciárias, será interessan...
4 nós que Bolsonaro e sua equipe terão de desatar
Há exatamente quatro anos, logo após a reeleição de Dilma Rousseff (alguém ainda se lembra da dona?), o Instituto Mises Brasil publicou um artigo rel...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions