A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


30/07/2019 08:27

Considere empreender na carreira profissional

Por Emanuel Steffen

No artigo de hoje quero chamar a atenção do leitor para uma maneira de pensar que ainda não é muito comum em nossos dias. Para a maioria das pessoas o emprego remunerado mediante um contrato assinado em carteira de trabalho (CLT) é o símbolo máximo de estabilidade e segurança financeira. Porém uma nova realidade já começa a se desenhar em muitos lugares do mundo e também em nosso país, tornando quase obrigatória a adoção de uma nova postura frente ao mercado de trabalho.

O fim do emprego como o conhecemos

A idéia do fim do conceito de emprego como conhecemos atualmente não é nova, muitos economistas já haviam profetizado sobre este acontecimento há muitos anos. Tal mudança é imposta pelo avanço tecnológico que além de automatizar funções antes restritas aos seres humanos, cria também uma nova dinâmica de trabalho que desafia a idéia de emprego como a conhecemos.

A ideia de “emprego único por toda a vida” perde cada vez mais o sentido devido a velocidade com que o avanço tecnológico tem impactado os postos de trabalho, fazendo com que as empresas tenham de lidar com ciclos de contratação mais curtos. Obviamente isso não quer dizer que os empregos deixarão de existir completamente, mas sim que que eles (funcionários e empresas) serão obrigados a se adaptar a esse novo paradigma.

O fato é que a realidade se alterou e que o mercado está mudando o comportamento das pessoas. Vivemos em uma era em que as competências e habilidades aplicadas para a oferta de valor contarão muito mais na carreira profissional do que um currículo fechado e restrito a uma determinada área. Para você que se preocupa com o seu futuro profissional a dica que apresento é a seguinte: pare de focar apenas em manter a empregabilidade e começa a pensar em termos de oferta de valor.

Empreenda a sua carreira profissional

Na prática isso quer dizer que você deve direcionar os seus esforços não (apenas) em se adequar ao padrão de uma indústria, mas sim em desenvolver e vender habilidades que sejam úteis a diferentes pessoas e empresas a fim de manter um fluxo de caixa próprio e constante. Dessa forma você deve agir e pensar de maneira parecida como pensam e agem os empresários e profissionais autônomos que não dependem de uma carteira assinada para auferir renda.

A velocidade com que as mudanças ocorrem é tamanha que muitas vezes não nos damos conta de que elas já chegaram e acabamos ficando presos a um modo de agir e pensar que talvez já não corresponda com a nova realidade. Procure manter o seu potencial de pleitear vagas de emprego nas áreas em que você é capacitado, mas procure desenvolver também o seu lado empreendedor. Dedique-se a construir formas diferentes de gerar valor, criar riqueza e novas fontes de renda com as habilidades que possui e não apenas engessá-las na opção única de um emprego formal.

Multiplique as suas fontes de renda

Independentemente de estar empregado ou não, você poderá se dedicar a entregar mais valor de acordo com as competências que já possui como: consultorias a distância, venda de produtos, escrever livros, oferecer cursos para compartilhar o seu conhecimento, abrir um negócio próprio de dedicação diária ou entrar como sócio investidor no trabalho realizado por outra pessoa, enfim.

Existem inúmeras possibilidades que você deve explorar a fim de criar novas fontes de renda e se manter cada vez menos dependente de uma única entrada principal como o emprego formal. A máxima do famoso investidor norte-americano Warren Buffett que também é um dos homens mais ricos do mundo, resume todo esse conceito em uma sentença: Ou você encontra formas de ganhar dinheiro enquanto dorme, ou vai continuar trabalhando até morrer.

Ao adotar essa nova maneira de pensar e agir você aumentará as suas chances de independência financeira, aumentará o seu nível de renda e atingirá os seus objetivos financeiros mais rapidamente. Quando você menos esperar trabalhar ou não com uma carteira assinada, não será mais uma questão de necessidade urgente mas sim de escolha e vontade pessoal. Até a próxima!

Disclaimer: A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

"Estimular a demanda" é um atentado à lógica
Você é o sobrevivente de um naufrágio e está sozinho em uma ilha. Não há nada pronto à sua disposição. Tudo o que você quiser consumir você terá ante...
Qual o tema mais importante em finanças?
No artigo anterior abordamos a importância de adotar uma postura mais empreendedora na carreira profissional dada a nova realidade de mercado marcada...
O lucro sempre vai mover o mundo
Você investiu, sem garantias, anos de sua vida sentado numa sala de aula, porque acreditou que, fazendo isso, teria uma vida melhor no futuro. Ou sej...
Mais prosperidade: criação de valor ou maior eficiência?
Qual é o objetivo de uma economia? A atual ciência econômica lecionada nas universidades sugere que a economia — especialmente a microeconomia — é so...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions