A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


25/01/2017 08:01

Educação em foco VIII - Escolha o ensino superior

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Após definir a carreira que pretende seguir, é hora de analisar as instituições de ensino que melhor se encaixam em suas necessidades, condições e nas exigências do mercado de trabalho. Como descobrir se uma faculdade é boa ou ruim? Há algum parâmetro? "Conhecer a avaliação do curso no MEC é um bom passo. O estudante pode também recorrer a outros meios, como o RUF [Ranking Universitário Folha] do jornal Folha de S.Paulo e outros guias", analisa Andrea Godinho de Carvalho Lauro, orientadora profissional do colégio Vértice.

No site do MEC (Ministério da Educação), por exemplo, é possível consultar notas obtidas pela instituição em avaliações nacionais, o que pode facilitar na hora da escolha. Veja como consultar o site do MEC ao fim destes artigo. Para a especialista, os vestibulandos também devem notar quais são os critérios dessas avaliações. "Tem algumas, por exemplo, que levam em consideração quantos mestres e doutores a universidade tem".

"O estudante deve estar atento e analisar ainda como é composto o corpo docente daquela instituição e como ela é vista", afirma Maria Beatriz Loureiro de Oliveira, coordenadora do Serviço de Orientação Vocacional da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Araraquara.

Nesse quesito, universidades estaduais e federais possuem certo prestígio, mas outras faculdades também são vistas com bons olhos pelo mercado. "A gente sabe que as instituições públicas são mais aceitas pelo mundo do trabalho, então a maioria delas já tem uma história de formação. Já as universidades privadas, algumas já vêm conquistando esse status", analisa Maria Beatriz.

Visite o local - Além de analisar as notas obtidas pela instituição, é importante observar a estrutura do local e fazer uma pesquisa no site da universidade. "A estrutura é muito importante para determinados cursos. No caso de medicina, o aluno deve ver se há hospital, onde vão fazer seu internato. Ou então, em engenharia, analisar se a instituição tem laboratório adequado", diz Andrea Godinho.

Para isso, o estudante pode fazer visitas agendadas às faculdades, conversar com alunos e ex-alunos para saber o que acham da instituição e como se colocaram no mercado de trabalho. Diferenciais, como opção de intercâmbio, ajudam a definir a instituição. "É bom pesquisar se a universidade oferece, por exemplo, estágio no exterior. Hoje em dia existem muitos convênios que valem a pena para o aluno conseguir uma boa experiência lá fora", diz a especialista da Unesp.

É importante ver se há disciplinas optativas, atividades extracurriculares, opção de intercâmbio ou então formação continuada no exterior. No site de boas instituições, deve haver essas informações e outras, como a grade curricular, o coordenador do curso e apresentação de professores. Para a orientadora do Vértice, o mais importante é que o estudante tenha a noção de que os cursos não são iguais. "A faculdade, apesar de ter um currículo básico comum, que é instituído pelo MEC ou pela instituição que regulamenta aquele curso, tem certa autonomia para deixá-lo a sua cara", diz Godinho.

Veja como consultar o site do MEC:

1. Acesse o site http://emec.mec.gov.br/, nele você encontrará informações pertinentes sobre o curso e a instituição de ensino que você deseja cursar. É possível saber se a instituição é credenciada e se o curso é reconhecido pelo MEC, por exemplo.

2. Após entrar no sítio, clique em "consulta avançada" nas abas superiores, selecione a opção buscar por instituição de ensino superior e digite o nome ou a sigla da faculdade que deseja analisar.

3. Na parte inferior, aparecerá o nome da faculdade e um valor de IGC (Índice Geral de Cursos) - que pode variar de 1 a 5. As notas a partir de 3 mostram qualidade satisfatória da instituição.

4. Os cursos também são avaliados pelo MEC pelas avaliações CC (Conceito do Curso) ou CPC (Conceito Preliminar do Curso). As notas vão de 1 a 5 e são satisfatórios valores acima de 3.

Fonte: Lucas Rodrigues/UOL
Disclaimer: A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen é criador do portal www.mayel.com.br

Por que a maioria das lojas online não aceita débito
Desde que a internet se popularizou entre as pessoas no mundo todo, uma das áreas que mais cresceu foi, sem dúvida, a de comércio eletrônico. No come...
Errou? Que bom, agora você é alguém melhor e mais forte!
Errar. Como erramos durante toda a nossa vida, não é mesmo? Pode ser nos negócios, nas contas, nas relações, na falta de coragem ou nas decisões prec...
7 Dicas práticas de economia com o lazer
1.Aproveite mais os pequenos prazeres da vida: Uma volta no parque, um cochilo na rede, um piquenique no jardim e um filme com pipoca em uma tarde ch...
Riqueza é ter tempo para você e quem você ama
Tornar-se mais produtivo, ganhar tempo para aproveitar melhor a vida ou trabalhar mais e ganhar mais. São muitas as razões para perseguirmos a produt...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions