A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


22/03/2017 08:23

O poder do networking na prática

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Tanto já foi escrito sobre o poder do networking que fiquei pensando sobre como poderia começar a falar do assunto de forma um pouco menos teórica e mais relacionada ao lado prático da coisa. Vamos pensar juntos então? Não sei quanto tempo você tem de carreira, mas nos últimos 5 ou 10 anos, quantos trabalhos chegaram até suas mãos através da indicação de amigos? No meu caso foram muitos! Desde indicações para freelas rápidos até grandes empresas que se tornaram clientes fixos de uma agência que eu tinha.

Agradeço todos os dias por poder contar com bons amigos e colegas de trabalho. E com relação a isso, me entendam, não tenho tantos assim, mas tenho bons, e neste caso a qualidade importa tanto ou mais do que a quantidade!

É fato que, se você está procurando trabalho, pode ser que muitas vezes se canse ao enviar currículo para determinada vaga. A internet proporcionou tantos canais novos para isso, mas, ao mesmo tempo, um único job pode ter centenas de pessoas na disputa. A gente já envia o currículo com certo cansaço, não é mesmo? E fica complicado até para os RHs e headhunters fazerem uma seleção de forma simples.

É natural, portanto, que indicações sejam mais do que bem-vindas! No caso de vagas seniores então, os chamados cargos de confiança, quanto mais no topo, mais favoráveis as indicações, afinal, neste caso é preciso, além das características relacionadas à vaga, contar com gente em quem se possa confiar. Pensei em algumas questões que acredito serem importantes para fazermos a nós mesmos e avaliarmos como anda o nosso networking. Vamos lá!

1 - Quanto tempo você dedica a manter boas relações?
Primeiramente, vamos falar sobre o tempo dedicado para networking. Admito que não sou a melhor pessoa para isso, pois muitas vezes acabo me enrolando e não consigo ver pessoalmente os amigos com a frequência desejada, mas é fundamental incluir na agenda este compromisso.

Tente encontrar de vez em quando com pessoas que já trabalharam com você em outras oportunidades, com aqueles que estudaram com você em algum momento, e até com aquelas que trabalham com você atualmente, mas dada a correria, mal conseguem se falar em ambiente de trabalho. Você pode fazer isso seja através de um almoço rápido no meio da semana, um café no meio da tarde ou uma festa em um sábado à noite. O importante é não se isolar e, para manter uma frequência de encontros, vale até programar na agenda como um compromisso mesmo.

Lembre-se também que, além de trabalhos já realizados, cada curso que você faz também é uma oportunidade de conhecer pessoas e mostrar que é um bom profissional. Eu já consegui desde oportunidades para escrever em revistas super legais até vagas fixas de emprego por indicação de estudantes e professores com quem estudei. E quer melhores indicações do que essas?

2 - Que legado você tem deixado?
Algo importante é que, para ser indicado, você precisa fazer por merecer. Por mais amigo que alguém que seja, dificilmente alguém vai querer se queimar indicando alguém que já lá na faculdade ou naquele curso de verão já se mostrava pouco disposto a colaborar, não entregava as coisas no prazo, etc.

Ou, ainda, quem vai querer indicar para uma empresa nova aquele antigo companheiro de trabalho que só sabia reclamar e falar mal das pessoas? É fundamental, além de praticar networking, fazer dos seus exemplos a sua cartilha. Saiba que tudo que você faz hoje pode ter consequências lá na frente, inclusive quando você trata mal um profissional que hoje pode não te interessar muito, mas que, no futuro, pode ser aquele que terá o poder de te indicar para uma vaga legal.

3 - Antes de ser bom profissional, seja um bom ser humano!
Muitas vezes a gente pode não ter muita experiência para mostrar ou até perdeu o contato com pessoas com quem já trabalhamos, por isso nossos amigos de hoje não participam muito do nosso mundo profissional. Ainda assim, eles podem, sim, ser uma boa fonte de relacionamento para eventuais indicações futuras, nunca se sabe. E seja com quem for que você esteja se relacionando, lembre-se que, mais do que ser um bom profissional, é ser um bom ser humano o que acaba valendo mais.

Muita coisa é possível de ser aprendida, mas certos valores infelizmente já vêm com a pessoa, por isso invista em si mesmo e procure melhorar-se a cada dia. Em minha agência sempre damos mais valor a este tipo de coisa e procuramos ensinar o resto se necessário. Felizmente eu e minha sócia tínhamos ideias parecidas com relação a este quesito, e foi a melhor coisa que fizemos, pois estar com pessoas legais na equipe, dispostas e preocupadas a ajudar sempre nos trouxe bons resultados.

4 - Use o poder do mundo virtual ou do telefone
Finalmente, você pode me dizer que vive na correria e, por isso, fazer networking acaba se tornando algo quase impossível. Mas que tal, então, aproveitar o poder das redes sociais ou de um simples telefonema para manter relações importantes para você? Se não há tempo para encontrar pessoalmente, mande uma mensagem, escreva um e-mail, telefone para ter aquele dedinho de prosa que acaba sendo tão importante quando a pessoa precisar indicar alguém e você estiver ali, fresquinho, na memória dela. Viu como não é um bicho de sete de cabeças?

Fonte: Janaína Gimael/dinheirama.com.br A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen é criador do portal www.mayel.com.br

A importância de dar uma pausa
Estou escrevendo este texto em um dos muitos feriados que este ano teve, e já pensando que o próximo também terá vários. Quem me conhece sabe que est...
Por que a maioria das lojas online não aceita débito
Desde que a internet se popularizou entre as pessoas no mundo todo, uma das áreas que mais cresceu foi, sem dúvida, a de comércio eletrônico. No come...
Errou? Que bom, agora você é alguém melhor e mais forte!
Errar. Como erramos durante toda a nossa vida, não é mesmo? Pode ser nos negócios, nas contas, nas relações, na falta de coragem ou nas decisões prec...
7 Dicas práticas de economia com o lazer
1.Aproveite mais os pequenos prazeres da vida: Uma volta no parque, um cochilo na rede, um piquenique no jardim e um filme com pipoca em uma tarde ch...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions