A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


05/05/2019 08:49

Quais tipos de investimentos você deve conhecer?

Emanuel Steffen

Quando começar no mercado financeiro é comum ficar um pouco perdido dada a variedade de produtos disponíveis. Esse receio logo dissipa quando você entende o conceito de perfil do investidor e os tipos de investimento mais adequados para cada um.

Com essa ideia em mente podemos focar em responder a pergunta principal do artigo. Afinal quais os principais tipos de investimento que você deve conhecer? A resposta correta é: Aqueles que sejam alinhados ao seu perfil de investidor!

Por que conhecer mais sobre investimentos?

No Brasil apenas 24% da PEA (População Economicamente Ativa) afirma possuir algum tipo de investimento. Esse número por si só é preocupante mas outro dado da mesma pesquisa é ainda mais tenebroso com 62,34% da população afirmando não conhecer nenhum deles.

Neste cenário é muito importante que um investidor iniciante se dedique em construir pelo menos um ideia geral sobre como são classificados os investimentos além de conhecer os principais produtos de cada modalidade e assim poder tomar as decisões corretas para montagem de uma carteira adequada ao seu perfil. É sobre isso que este artigo se propõe ajudar.

Quais o principais tipos de Investimento?

Investimentos em Renda Fixa

São aqueles em que o cálculo do retorno é de certa maneira previsível e conhecido no momento da contratação. Esses investimentos funcionam com você se tornando um credor, ou seja, você literalmente empresta dinheiro para determinadas instituições tornando a receber o valor principal no futuro acrescido de juros, bônus ou correções.

São 3 as principais instituições que você pode “emprestar dinheiro”. Vejamos:

1. O governo através dos títulos públicos federais que podem ser adquiridos no portal tesouro direto. Esses títulos possuem diferentes prazos de vencimento, formas de remuneração e indicadores que você pode adquirir conforme o seu capital e horizonte de investimento (quando pretende reaver o dinheiro).

2. As empresas privadas S.A. que oferecem commercial papers (notas promissórias) e debêntures com diferentes taxas e indicadores de remuneração (IPCA, IGP-M etc) e prazos de vencimento.

3. Os bancos através dos famosos CDBs que são títulos com diferentes vencimentos e políticas de saque (liquidez) que remuneram conforme a taxa CDI além de outros produtos como LCIs e LCAs.
Investimentos de Renda Variável

São aqueles em que o retorno não pode ser mensurado ou conhecido no momento da contratação. O exemplo mais emblemático são as ações que representam pequenos pedaços de uma empresa que um investidor pode comprar apostando na valorização futura do papel ou negociando no curto prazo aproveitando as oscilações diárias no preço desses ativos o chamado Day trade.

Existem muitos outros tipos de investimento menos conhecidos tanto em renda fixa como em renda variável mas para você que está começando o essencial é compreender bem a diferença entre essas categorias de investimento.

Por que o seu perfil é importante nos investimentos?

No geral investimentos em renda variável podem proporcionar maiores retornos porém o risco que se assume nessas operações também é consideravelmente maior do que na renda fixa podendo inclusive perder 100% do valor aplicado e é por isso que os melhores tipos de investimento são aqueles que possuem sinergia com o seu perfil.

Afinal não são todas as pessoas com “estômago” para aguentar as flutuações do mercado acionário ou ao contrário, não são todos que se contentam com a ideia de aplicar em renda fixa e perder os ganhos potenciais de produtos como opções e outros derivativos de alto risco.

Muitos ainda podem não gostam de ter o compromisso de acompanhar o desempenho dos seus investimentos e optar por entregar essa gestão a um fundo de investimento. Procure por instituições que possam aplicar o teste de perfil de investidor (API) em você para descobrir se o seu perfil é mais arrojado ou conservador e assim definir a porcentagem de alocação em renda fixa e variável da sua carteira. O perfil de investidor também muda com o tempo por isso os tipos de investimentos a serem escolhidos necessitam dessa análise prévia.

A API é uma definição importante também para a escolha de corretoras pois muitas se especializam e oferecem vantagens a determinados perfis de investidor e tipos de investimento. Compartilhe este artigo em suas redes sociais e ajude a distribuir conhecimento financeiro.

Nova Previdência: os vícios clássicos
A recusa de aceitar a Nova Previdência baseada em capitalização, contas individuais e gestão privada, decorre de dois vícios clássicos que afligem o ...
Entusiasmo e obsessão são suas melhores habilidades
Foram incontáveis as vezes que ouvi essas duas frases de efeito sobre a importância da educação escolar: "A escola não é sobre aprender coisas especí...
Como não cair em golpes na hora de buscar emprego
Ficar desempregado não é fácil e, infelizmente, tem muita gente por aí se aproveitando desse momento de fragilidade para ganhar dinheiro. Se você est...
Criptomoedas e a Declaração de Imposto de Renda
Os detentores de criptomoedas possuem muitas dúvidas envolvendo a tributação das moedas virtuais. Neste artigo, trataremos das questões mais comuns s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions