A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/04/2011 06:00

Que não quer calar

Jogo Aberto

Cobrado sobre reparos em estrada estadual que dá acesso ao campus da universidade estadual em Ponta Porã, o governador André Puccinelli disse que o problema é só para quem anda a 180 km por hora. “Para quem anda a 110 km/h, a estrada está ótima”, comentou.

O governador esteve junto da senadora Marisa Serrano e do deputado Reinaldo Azambuja em São Paulo onde trataram da indenização que a Cesp deve ao Estado. Puccinelli jura que nem comentou sobre vaga do TCE com os tucanos, "senão o Arroyo, Picarelli e até o seu líder de governo, que já foi interessado na vaga o matariam".

Já na abertura da Expogrande, Puccinelli disse para o presidente da Acrissul, Francisco Maia, que apesar das diferenças políticas e ideológicas, "águas passadas não movem moinhos" e que sempre estará a disposição da Acrissul. Maia apoio Zeca do PT na última eleição.

O vereador Paulo Pedra (PDT) rasgou a seda que pode na presença de André em solenidade de associação dos cartórios. Perguntou, inclusive, se o governador não poderia acumular o cargo de prefeito. A resposta de Puccinelli rende até letra de pagode: "Na cutuca Pedra"

Por enquanto, está tudo bem. Mas o estrago feito pelo terremoto e pelo tsunami e o perigo da radiação podem fazer ficar mais caros os pratos japoneses tão apreciados em Campo Grande.

O aumento deve ser consequência tanto das regras mais rígidas de importação dos produtos impostas pela Vigilância Sanitária quanto da escassez mesmo de frutos do mar e pescado, segundo quem trabalha no setor.

A rede de lojas Centauro, especializada em material esportivo, receberá R$ 260 milhões do BNDES para ampliar os negócios até 2012 e um dos destinos é Campo Grande. A expectativa é criar 4 empregos a cada R$ 88 mil investidos.

O arquiteto e ex-vereador Celso Costa viajou para Seul, na Coréia do Sul, para apresentar a investidores japoneses projeto de um hospital-spa com 120 leitos, para ocupar 20 hectares em Guia Lopes da Laguna. Os idealizadores precisam de 10 milhões de dólares.

Dia desses, o vereador Wanderlei Cabeludo (PMDB) ficou horas esperando amigos em uma mesa do bar Miça. Depois de muito tento sozinho, no maior chá de cadeira, desistiu, disse tchau para o garçom e foi embora.

A pergunta recorrente feita por leitores em e-mails ao Campo Grande News é porque a Polícia não prendeu antes o estuprador que atacou 8 mulheres em Campo Grande. A resposta também é dada pelos internautas que acham que o criminoso só foi pego por conta da pressão da mídia, depois de jovem ser atacada na UFMS.

Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...
Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...



DESCULPE AI,MAIS A MIDIA AKI PODERIA SER USADA PARA INFORMAR O PORQUE DO PREÇO DA GASOLINA, PORQUE LULA DEIXOU TANTA DIVIDA , O PORQUESSS POLITICOS , DA UM TEMPO PÔ , PISA NA ABEÇA DA SERPENTE , E PARA DEMATAR MINHOCA.
 
MARCO TÚLIO MARTINS em 17/04/2011 10:44:49
O Pedra era líder do Prefeito e aí mudou de lado, assim de repente. Foi candidato a deputado estadual e perdeu. Quando vereador, criou problema com o Papa João Paulo. Agora, está prestes a perder o cartório porque não foi submetido a concurso para ter o direito a explorar esse serviço público. Adula o Puccinelli e critica o Nelsinho... vá entender. Chega a ser engraçado. Só rindo mesmo ...
 
Carlos Técio Lima em 16/04/2011 09:34:29
senhor paulo pedra,para com estás historia,vc quer fazer igual o nosso amigo ex deputado federal do PDT,criar problemas para kra,vcs são farinha do mesmo saco.......deixe o nelsinho trabalhar se vc estivesse tão preocupado vc ia lá em brasilia arrumar campo grande.....mas sei que é incapaz disso.....sou pedetista mas deixe eles trabalhar,e se preocupa com seu mandato que as eleição chega o ano que vem...
 
marcos do nascimento gonçalves em 16/04/2011 04:30:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions