A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/04/2011 06:00

Que não quer calar

Jogo Aberto

Cobrado sobre reparos em estrada estadual que dá acesso ao campus da universidade estadual em Ponta Porã, o governador André Puccinelli disse que o problema é só para quem anda a 180 km por hora. “Para quem anda a 110 km/h, a estrada está ótima”, comentou.

O governador esteve junto da senadora Marisa Serrano e do deputado Reinaldo Azambuja em São Paulo onde trataram da indenização que a Cesp deve ao Estado. Puccinelli jura que nem comentou sobre vaga do TCE com os tucanos, "senão o Arroyo, Picarelli e até o seu líder de governo, que já foi interessado na vaga o matariam".

Já na abertura da Expogrande, Puccinelli disse para o presidente da Acrissul, Francisco Maia, que apesar das diferenças políticas e ideológicas, "águas passadas não movem moinhos" e que sempre estará a disposição da Acrissul. Maia apoio Zeca do PT na última eleição.

O vereador Paulo Pedra (PDT) rasgou a seda que pode na presença de André em solenidade de associação dos cartórios. Perguntou, inclusive, se o governador não poderia acumular o cargo de prefeito. A resposta de Puccinelli rende até letra de pagode: "Na cutuca Pedra"

Por enquanto, está tudo bem. Mas o estrago feito pelo terremoto e pelo tsunami e o perigo da radiação podem fazer ficar mais caros os pratos japoneses tão apreciados em Campo Grande.

O aumento deve ser consequência tanto das regras mais rígidas de importação dos produtos impostas pela Vigilância Sanitária quanto da escassez mesmo de frutos do mar e pescado, segundo quem trabalha no setor.

A rede de lojas Centauro, especializada em material esportivo, receberá R$ 260 milhões do BNDES para ampliar os negócios até 2012 e um dos destinos é Campo Grande. A expectativa é criar 4 empregos a cada R$ 88 mil investidos.

O arquiteto e ex-vereador Celso Costa viajou para Seul, na Coréia do Sul, para apresentar a investidores japoneses projeto de um hospital-spa com 120 leitos, para ocupar 20 hectares em Guia Lopes da Laguna. Os idealizadores precisam de 10 milhões de dólares.

Dia desses, o vereador Wanderlei Cabeludo (PMDB) ficou horas esperando amigos em uma mesa do bar Miça. Depois de muito tento sozinho, no maior chá de cadeira, desistiu, disse tchau para o garçom e foi embora.

A pergunta recorrente feita por leitores em e-mails ao Campo Grande News é porque a Polícia não prendeu antes o estuprador que atacou 8 mulheres em Campo Grande. A resposta também é dada pelos internautas que acham que o criminoso só foi pego por conta da pressão da mídia, depois de jovem ser atacada na UFMS.

Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...
Partidos fazem "fila" por Takimoto
Desejado - Na mira do PDT para perder o mandato, o deputado estadual George Takimoto já tem fila de interessados em seu passe na Assembleia Legislati...


DESCULPE AI,MAIS A MIDIA AKI PODERIA SER USADA PARA INFORMAR O PORQUE DO PREÇO DA GASOLINA, PORQUE LULA DEIXOU TANTA DIVIDA , O PORQUESSS POLITICOS , DA UM TEMPO PÔ , PISA NA ABEÇA DA SERPENTE , E PARA DEMATAR MINHOCA.
 
MARCO TÚLIO MARTINS em 17/04/2011 10:44:49
O Pedra era líder do Prefeito e aí mudou de lado, assim de repente. Foi candidato a deputado estadual e perdeu. Quando vereador, criou problema com o Papa João Paulo. Agora, está prestes a perder o cartório porque não foi submetido a concurso para ter o direito a explorar esse serviço público. Adula o Puccinelli e critica o Nelsinho... vá entender. Chega a ser engraçado. Só rindo mesmo ...
 
Carlos Técio Lima em 16/04/2011 09:34:29
senhor paulo pedra,para com estás historia,vc quer fazer igual o nosso amigo ex deputado federal do PDT,criar problemas para kra,vcs são farinha do mesmo saco.......deixe o nelsinho trabalhar se vc estivesse tão preocupado vc ia lá em brasilia arrumar campo grande.....mas sei que é incapaz disso.....sou pedetista mas deixe eles trabalhar,e se preocupa com seu mandato que as eleição chega o ano que vem...
 
marcos do nascimento gonçalves em 16/04/2011 04:30:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions