ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 22º

Momento Saúde Bucal

Protocolo Dentário x Implante Unitário: qual a diferença?

Saiba como escolher entre as duas formas de realizar o implante dentário

Por Marco Polo Siebra (*) | 18/05/2022 10:43

Se você prestar atenção nos conteúdos de redes sociais sobre implantes dentários – inclusive nos meus – já deve ter ouvido falar em alguns termos diferentes para se referir aos implantes.

São nomes como “implantes unitários” e “protocolo dentário”, que nem sempre fazem sentido à primeira vista, não é verdade?

Mas calma, que não tem tanto mistério assim. Eu vou explicar a diferença e você vai perceber como é simples, para nunca mais confundir uma técnica com a outra. Confira:


Para começar, vamos falar do implante unitário, que tem o nome mais literal. O implante unitário consiste em um implante, ou seja, um pino implantado dentro da sua gengiva, dentro do osso, para cada dente perdido é feito um implante e posteriormente uma coroa sobre esse implante, que devolve o dente perdido. O inconveniente dessa técnica é que tenho que esperar em média 90 dias para fazer a coroa do dente sobre esse implante dentro do osso.

Essa técnica pode ser usada para quem perdeu um ou mais dentes, ou para quem faz os implantes gradualmente ao longo da vida.

Já o protocolo dentário, é o que nós costumamos a dizer na odontologia “aposentadoria das dentaduras”. Em vez de fazermos implantes e próteses individuais, o protocolo tem uma arcada dentária inteira pronta, que é instalada de forma também fixa sobre os implantes dentro da gengiva, dentro do osso, mas com apenas alguns implantes. Podendo ser 4 ou 6 ou até 8 implantes por arcada, o que é muito mais prático e fácil de recuperar do que fazer implantes individualmente. Nessa técnica a grande vantagem que em dias o paciente já sai com a prótese pronta sobre os implantes, não tendo que esperar os 90 dias como no implante unitário.

O protocolo também devolve um suporte de lábios além dos dentes, e é recomendado para quem já perdeu muitos dentes, ou para quem usa uma dentadura móvel e está querendo uma solução mais definitiva e segura.

Ah, e é importante entender: não existe “melhor ou pior” em relação a implantes unitários ou protocolo. Ambos significam dentes fixos e devem ser avaliados conforme a necessidade e a situação de cada paciente!

Você já sabia da diferença entre os dois procedimentos? No meu Instagram, @marcopolosiebra, eu sempre compartilho informações interessantes para quem quer saber mais sobre o mundo da odontologia. Siga e fique por dentro!

Um abraço e nos vemos nos próximos vídeos!

(*) Marco Polo Siebra é Odontólogo ha mais de 28 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Cursando uma Pós Graduação em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS. Hoje tem como principal missão impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus objetivos em todas as áreas da vida. É Tesoureiro voluntário da ABRAz/MS (Associação Brasileira de Alzheimer e Demências Similares - Regional MS) e Diretor da Associação Pestalozzi de Campo Grande/MS.

Nos siga no Google Notícias