ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 
Associação Comercial: 95 anos de dedicação ao setor empresarial

Conteúdo Patrocinado

Associação Comercial: 95 anos de dedicação ao setor empresarial

Com mais de 8 mil associados, entidade está entre as maiores associações comerciais do Brasil

Por Post Patrocinado | 14/03/2021 07:30
Fachada da sede da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Fachada da sede da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande. (Foto: Divulgação)

Neste domingo (14), a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) completa 95 anos de fundação, comprometida com o desenvolvimento, representatividade e defesa da classe empresarial.

Reunindo mais de 8 mil associados, que vão do microempreendedor às grandes empresas dos mais variados segmentos, a entidade está entre as maiores das associações comerciais do País e uma das organizações de classe mais tradicionais e representativas de Mato Grosso do Sul.

“Esta casa esteve presente em todos os momentos importantes da história da nossa Capital, e ajudou, muitas vezes como protagonista, a forjar a nossa Cidade Morena. Por isso, neste quase um século de lutas e conquistas, a nossa homenagem é para os empresários, associados, conselheiros e diretores que entendem a força do associativismo. São eles que sustentam a nossa economia, gerando emprego e renda para a nossa Capital, e que com a sua dedicação fazem da ACICG a Casa do Empresário”, parabeniza o presidente da Associação Comercial, Renato Paniago.

Ele destaca que o momento de celebração é comemorado com muito trabalho em um período desafiador devido à pandemia. A Associação Comercial segue firme se mobilizando para ajudar as empresas da Capital a enfrentarem e a mitigar os efeitos negativos da Covid-19.

O vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, João Carlos Polidoro, que presidiu a casa em duas gestões (2014 a 2020), relembra que desde o início da pandemia a ACICG participa do comitê de gerenciamento da crise da Covid-19, atuando junto aos órgãos públicos municipais e entidades representativas da sociedade civil organizada, para compartilhar a realidade e necessidade dos setores de comércio e serviços e colaborar na contenção do avanço da pandemia.

Além disso, se posicionou contrária ao lockdown, por considerar a medida ineficaz para barrar o avanço da pandemia.

“Em 2020, nós contribuímos para que a reabertura dos negócios ocorresse de maneira segura e organizada, disseminando instruções e orientações sobre as decisões governamentais e os principais protocolos de segurança, e continuamos ativos nesse processo, buscando o equilíbrio entre a saúde e a economia”, complementou Polidoro.

A ACICG compreende os desafios diários do empresariado e além da representação política, econômica e social, a entidade disponibiliza diversas soluções para fortalecer e desenvolver o setor.

No âmbito de capacitação, sua escola de negócios oferece cursos, palestras e treinamentos virtuais e presenciais visando ampliar o conhecimento da equipe. Orientação nas áreas jurídica, gestão financeira e contábil, gestão de pessoas e marketing também estão à disposição dos associados, bem como, serviços bancários, ferramentas de acesso à justiça e produtos de telefonia, certificação, crédito e cobrança.

Quem se associa à entidade também pode contar com soluções de saúde para a empresa, como atendimentos de medicina do trabalho e planos de saúde e odontológico, além de benefícios voltados ao lazer e bem estar, por meio da Colônia de Férias, um dos clubes mais tradicionais de Campo Grande.

A rede de contatos entre empresários também é outra grande vantagem de ser um associado, pois o network construído estimula a troca de experiências, fomenta parcerias e potencializa a geração de negócios.

“Desde a sua criação, a Associação Comercial presta um apoio muito grande e significativo aos empresários. Nos próximos anos, continuaremos firmes na missão de promover a união da classe empresarial, fortalecendo sua atuação e influência nas áreas política, econômica e social. Manteremos vivo o DNA do associativismo, que possibilita maior integração e representação coletiva, buscando não só desenvolvimento econômico sustentável, mas também, conquistas importantes para que a nossa Capital seja ainda mais forte e próspera, finalizou o segundo vice-presidente da ACICG”, comenta Omar Aukar, que ocupou a presidência da entidade no triênio 2011-2014

Acompanhe as novidades pelo site e através das redes sociais Facebook  e @acicgms.

Nos siga no Google Notícias