A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


07/07/2018 16:52

Contra a Rússia, Croácia vence de novo nos pênaltis e pega a Inglaterra

Russos viram brasileiro Marcio Fernandes, que marcou gol de empate na prorrogação, perder penalidade

Humberto Marques
Croatas conseguiram a classificação, mais uma vez, nas penalidades. (Fotos: Fifa/Divulgação)Croatas conseguiram a classificação, mais uma vez, nas penalidades. (Fotos: Fifa/Divulgação)

Rússia e Croácia, que já haviam chegado às quartas-de-final da Copa do Mundo após prorrogação e disputa de penalidades, voltaram a viver momentos de emoção neste sábado (7), em Sochi, na última partida qualificatória para as semifinais da competição disputada em solo russo. Melhor para o time croata, que fez 4 a 3 nas cobranças de pênaltis.

Com o resultado –o único das quartas que terminou em prorrogação e pênaltis–, a Croácia terá pela frente a Inglaterra, que despachou a Suécia pela manhã pelo placar de 2 a 0.

O jogo em Sochi teve como árbitro principal o brasileiro Sandro Maria Ricci, que não teve muito trabalho no tempo normal. Em campo, os donos da casa se valeram de um jogo forte na defesa para conter os favoritos croatas. E conseguiram abrir o placar aos 30min, com Cheryshev, que recebeu na entrada da área após boa jogada de Dzyuba e, de canhota, chutou alto, à direita do goleiro Subasic.

Curiosamente, quando parecia sentir o baque, a Croácia juntou forças e empatou aos 39min. Em um ataque rápido, Mandzukic recebeu de Perisic e, pela esquerda, foi ao fundo do campo e cruzou. Kramaric se enfiou entre a zaga e de cabeça, a meia altura, superou Akinfeev.

A etapa final reservou algumas emoções para a torcida –como a tentativa de bicicleta de Kramaric, que parou nas mãos do arqueiro russo logo aos 7min, ou a bola na trave de Perisic aos 14min, assustando Akinfeev. A partir daí o jogo ficou truncado, com os russos contando com sua boa defesa para conter o ímpeto da Croácia e até se arriscando no ataque no final, mas sem perigo.

Cheryshev abriu o placar para os russos...Cheryshev abriu o placar para os russos...
... e nove minutos depois, Kramaric empatou o jogo... e nove minutos depois, Kramaric empatou o jogo
Zagueiro Vida marcou para os croatas na prorrogação...Zagueiro Vida marcou para os croatas na prorrogação...
... e naturalizado russo Mario Fernandes empatou... e naturalizado russo Mario Fernandes empatou

Acréscimos e penais – O desempate veio aos 8min da prorrogação, com o zagueiro croata Vida. Em cobrança de escanteio, ele subiu mais alto e cabeceou para baixo. Corluta conseguiu evitar um desvio e a bola foi para as redes. O tento não esmoreceu os russos, que passaram a pressionar até o fim da prorrogação.

A busca pelo empate surtiu resultado: o brasileiro naturalizado russo Mario Fernandes recebeu cruzamento milimétrico de Dzagoev e, de cabeça desviou para as redes aos 9min do segundo tempo da prorrogação. A seleção russa continuou a pressionar pelos seis minutos restantes, levando a disputa para as penalidades.

Nas cobranças, os russos começaram mal, com Subasic defendendo fraca cobrança de Smolov e Brozevic convertendo o penal croata. Contudo, no lance seguintre, foi Kovasic que viu o goleiro Akinfeev pegar a cobrança mal realizada.

Contudo, no lance seguinte, o herói da prorrogação acabou sendo algoz: Mario Fernandes chutou à esquerda do gol, perdendo sua cobrança. Modric, por sua vez, não perdoou. A desvantagem permaneceu até a última cobrança de Kovasic, garantindo o passaporte croata para as semifinais.

A torcida russa, porém, despediu-se de seu time sob aplausos, lembrando que o avanço até as quartas era considerado um feito notável. Os croatas, agora, preparam-se para o confronto de quarta-feira (11) com os ingleses em Moscou, às 14h (de MS).



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.