ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 28º

Direto das ruas

Boneco de Judas “homenageando” Marun amanhece pendurado em praça

Fato foi registrado por leitores do Campo Grande News em praça na rua Centaura; boneco com cabeça de abóbora e luzes representando olhos e boca foi pendurado na noite de sexta-feira e chamou a atenção de moradores

Por Humberto Marques e Thailla Torres | 31/03/2018 11:22
Boneco foi pendurado durante a noite em praça do Cidade Jardim. (Foto: Thailla Torres)
Boneco foi pendurado durante a noite em praça do Cidade Jardim. (Foto: Thailla Torres)

Uma tradição de Páscoa cada vez menos comum em Campo Grande foi revivida entre a noite desta sexta-feira (30) e a manhã de sábado (31) no bairro Cidade Jardim. Um boneco de Judas foi pendurado a cerca de três metros de altura em uma praça, aguardando para ser “malhado”. Com cabeça de abóbora que inclusive acendeu no escuro, o boneco, vestido com um terno, tem o nome “Marun” escrito em uma faixa –possivelmente uma referência ao ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República e deputado federal licenciado por Mato Grosso do Sul.

Moradores informaram ao Campo Grande News que o boneco foi pendurado na noite de sexta em uma árvore na praça localizada no cruzamento das ruas Centaura e Taiobá, quando também foi “aceso” –segundo imagens enviadas à redação por meio da página no Facebook. Até por volta das 11h, porém, a “malhação do Judas” não havia iniciado, mas já despertava a curiosidade de moradores.

A administradora Alexandra Hirt, 37, que passeava na praça nesta manhã com os filhos, confirmou que moradores fixaram o boneco na noite anterior, mas não soube identificar os responsáveis pela brincadeira. “No Paraná, de onde eu vi, é tradição, mas quase não via isso aqui em Mato Grosso do Sul”, disse ela.

Otávio, 5, um dos filhos de Alexandra, mostrou-se impressionado com a brincadeira. “Parece que está voando, isso só serve para dar medo”, observou a criança.

A dona de casa Selma Hirt, 60, há 42 anos em Mato Grosso do Sul, disse ser a primeira vez que vê a malhação de Judas no bairro e aprovou a iniciativa. “É saudável, serve para manter as tradições”.

A reportagem contatou o ministro Marun para comentar o fato, mas não obteve resposta até a veiculação desta matéria.

Crianças tentavam malhar boneco de Judas pela manhã. (Foto: Thaila Torres)
Crianças tentavam malhar boneco de Judas pela manhã. (Foto: Thaila Torres)
Boneco foi pendurado durante a noite em praça do Cidade Jardim. (Foto: Direto das Ruas)
Boneco foi pendurado durante a noite em praça do Cidade Jardim. (Foto: Direto das Ruas)

Tradição – A Malhação ou Queima de Judas é uma tradição cultivada por décadas por católicos e ortodoxos. Como os próprios nomes indicam, trata-se da destruiçao de bonecos batizados em nome de Judas Iscariotes, que entregou Jesus Cristo ao Conselho de Judeus em troca de 30 dinheiros –arrependido, ele tentou depois devolver o dinheiro, mas repelido pelos sacerdotes decidiu se enforcar.

Os bonecos, feitos de serragem, papel e trapos, são surrados como forma de representar a destruição das forças do mal no Sábado de Aleluia –véspera do Domingo de Páscoa–, geralmente ao meio-dia. A prática foi trazida pelos cristãos de Portugal e Espanha para o Brasil.

Direto das Ruas – A sugestão de reportagem chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.