ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 25º

Direto das Ruas

Caminhão atinge rede elétrica e derruba placa na Júlio de Castilho

Em outro ponto da cidade, fios soltos atrapalha trânsito de caminhões na avenida Calógeras

Gabrielle Tavares | 30/05/2022 19:36
Caminhão atingiu fiação na Júlio de Castilho. (Foto: Direto das Ruas)
Caminhão atingiu fiação na Júlio de Castilho. (Foto: Direto das Ruas)

Na tarde desta segunda-feira (30), um caminhão que passava pela avenida Júlio de Castilho atingiu a rede de fios da via, na altura da rua Antônio Ferreira Damião, e a fiação derrubou uma placa publicitária em um estacionamento de um centro comercial. A placa bateu em um carro, provocando danos no capô do veículo, e depois caiu no chão.

O jornalista Alexandre Carvalho, 37 anos, estava em uma lotérica quando ouviu o barulho da placa caindo e relatou que só não atingiu as pessoas que estavam no local por sorte.

“A placa é grande, ela foi para o chão com a base de sustentação, com poste, tudo. Foi muita sorte que não tinha ninguém, porque se pegasse alguém poderia até ter matado. É uma placa bem pesada”, relatou.

Fios derrubaram placa em estacionamento de centro comercial, na avenida Júlio de Castilho. (Foto: Direto das Ruas)
Fios derrubaram placa em estacionamento de centro comercial, na avenida Júlio de Castilho. (Foto: Direto das Ruas)

O motorista do caminhão permaneceu no local aguardando a equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). Questionada, a Energisa informou que os cabos são de rede de telefonia e não são de responsabilidade da concessionária.

Em outro ponto da cidade - Na Vila São José, o comerciante Leandro Natanael, 36 anos, enviou ao Direto das Ruas que os postes do cruzamento da avenida Calógeras com a rua Calarge foram trocados no início do mês, e deixaram os fios soltos na rua.

“Trocaram os postes e deixaram os fios soltos. Aí passa caminhão e baixa cada vez mais os fios. Hoje mesmo bateu um e abaixou mais ainda. São muitos fios, não dá para saber se é da rede elétrica ou de telefonia”, apontou.


Nos siga no Google Notícias