A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 13 de Outubro de 2019

16/09/2019 18:08

Comerciantes reclamam novamente de falta de energia no Centro da Capital

Na semana passada, a Energisa havia informado que iria monitorar a qualidade da distribuição de energia neste trecho

Gabriel Neris e Liniker Ribeiro
Galeria onde funciona consultório sem energia elétrica (Foto: Paulo Francis)Galeria onde funciona consultório sem energia elétrica (Foto: Paulo Francis)

Comerciantes da Rua Joaquim Murtinho, no Centro de Campo Grande, voltaram a reclamar da falta de energia elétrica durante o expediente, o que já ocorre desde semana passada no trecho entre a José Antônio e a Padre João Crippa. Em alguns locais, o apagão foi por completo, enquanto em outros a queda de energia foi parcial.

O tapeceiro Daniel Soares dos Santos, de 40 anos, diz que faltou luz totalmente durante à tarde. Os quatro funcionários dependem da energia para trabalhar e, inclusive, ganham por produção, mas ficaram de braços cruzados.

“O problema todo é que não resolvem nada. Já até falaram que há excesso de carga, mas a gente ouve dizer que isso afetaria em horário de pico”, reclama.

Kelly Lescano, de 36 anos, é gerente financeira de uma empresa de créditos. Ela disse que os clientes que estavam no local conseguiram ser atendidos através de notebooks, que ainda tinham bateria, e para utilizar a internet os funcionários precisaram rotear do próprio celular.

“Fica meia fase, maquinário, computadores, tudo para. São 12 funcionários parados, não conseguem atender”, disse. A mulher lembrou que já houve dificuldade semelhante na semana passada. “Está virando rotina”. Para que não haja prejuízo, os trabalhadores retiram imediatamente os aparelhos das tomadas.

O cirurgião-dentista Ariel Farias da Silva tem consultório no trecho afetado. “Eu dependo de um compressor. [O apagão] já queimou o raio-X, estou deixando de trabalhar. Os pacientes estão tendo que reagendar e não tem como prever se amanhã vai acontecer de novo”, reclama.

A Energisa informou, em nota, que o equipamento para monitoramento da qualidade de energia, instalado na última semana na Rua Joaquim Murtinho, esquina com a Rua Padre João Crippa e Rua José Antônio, sinalizou necessidade de readequação do sistema elétrico no local, que está programada para iniciar ainda hoje a partir das 22h.

Na tapeçaria do Daniel, funcionários dependiam da energia elétrica (Foto: Paulo Francis)Na tapeçaria do Daniel, funcionários dependiam da energia elétrica (Foto: Paulo Francis)

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

 

(Matéria atualizada às 19h09 para acréscimo do posicionamento da Energisa)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions