ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 20º

Direto das Ruas

Moradores de área da antiga Homex reclamam de demora na solução dos "gatos"

Por Gabriel Neris e Marcos Maluf | 07/04/2020 18:14
Moradores convivem com instalações irregulares (Foto: Marcos Maluf)
Moradores convivem com instalações irregulares (Foto: Marcos Maluf)

Cinco dias após decisão da justiça, quem vive na área invadida da extinta Homex, no Jardim Centro-Oeste, em Campo Grande, ainda aguarda o cumprimento da decisão judicial que determina a substituição de ligações de energia clandestina, os chamados “gatos”, pela rede regular.

Mas, segundo relatos dos moradores ao canal Direto das Ruas, nada foi feito até agora e nenhuma equipe passou para iniciar os cadastros e instalações.

O mestre de obras e presidente da comunidade, Wilson Vasquez, diz que estão todos ansiosos. “Seria um grande passo para a legalidade”.

A autônoma Jéssica da Silva, de 28 anos, teme que não possa ter energia elétrica onde mora. “O medo é de ser despejada e de não ter luz”, diz.

De acordo com a decisão do juiz David de Oliveira Gomes Filho, todos devem ser cadastrados como consumidores e ter incluídos na fatura os custos da obra realizada. Com a ordem de isolamento social, “gatos” foram refeitos e podem ter contribuído para sobrecarga, levando a explosões na rede, segundo o juiz.

Procurada, a concessionária Energisa informou que vai construir e instalar a rede de distribuição “para oferecer qualidade e segurança no fornecimento de energia aos clientes”.

De acordo com a empresa, representantes da áreas comercial, jurídica e do departamento de Construção e Manutenção se reuniram para discussão da implantação do projeto de rede no loteamento. “As ações e o calendário de execução das obras serão definidos alinhamento com a Prefeitura de Campo Grande e Defensoria Pública”, completou a concessionária.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.