A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/11/2014 16:24

Motoristas ignoram lei e usam calçadas como "estacionamentos"

Adriano Fernandes e Stephanie Romcy
Impedindo completamente  a passagem de pedestres, o flagrante, segundo a denunciante é recorrente no local.(Foto:Direto das Ruas)Impedindo completamente a passagem de pedestres, o flagrante, segundo a denunciante é recorrente no local.(Foto:Direto das Ruas)
Na Maracaju, o veículo impedia completamente o acesso de cadeirantes.(Foto:Direto das Ruas)Na Maracaju, o veículo impedia completamente o acesso de cadeirantes.(Foto:Direto das Ruas)
O veículo ficou no local impedindo a passagem até mesmo de gestantes em cadeiras de roda que iam a maternidade.(Foto: Direto das Ruas)O veículo ficou no local impedindo a passagem até mesmo de gestantes em cadeiras de roda que iam a maternidade.(Foto: Direto das Ruas)

Impedindo o acesso de pedestres, muitos motoristas ignoram as lei de trânsito e estacionam os veículos em cima das calçadas em Campo Grande. Flagrantes, mais uma vez foram enviados via aplicativo WhatsApp para a redação do Campo Grande News.

Durante a semana, um motorista estacionou o veículo parou na calçada da Rua Rui Barbosa, impedindo completamente a passagem de pedestres. A consultora Ivilaine Delguingaro, de 31 anos, flagrou o desrespeito. Ela não soube precisar por quanto tempo o veículo ficou no local, mas ressalta que diariamente motoristas fazem isso no centro da cidade. "Isso sempre acontece por aqui. Espero que a divulgação conscientize as pessoas", ela diz.

A mesma situação também aconteceu em frente à Maternidade Cândido Mariano, também na região central. Por 30 minutos, um veículo obstruiu a passagem dos pedestres e também de gestantes do hospital. O registro foi feito na última quinta-feira (6), por volta das 14 horas, pelo jornalista João Alexandre Borges Coelho, de 25 anos.

"Causou tumulto porque ele não dava espaço para passagem. Mulheres prestes a ganhar a luz, de cadeira de rodas, tiveram que desviar pois o carro trancou a entrada", se queixa o rapaz.

Já na Rua Maracaju, um veículo foi deixado impedindo na rampa utilizada por pedestres, principalmente por idosos e deficientes físicos e visuais. Segundo o leitor, que preferiu não se identificar, o condutor veículo deixou o carro na calçada para ir a uma agencia bancária. As fotos na Rua Maracaju foram feitas ontem(7), por volta das 15 horas. "Desrespeito a quem possui deficiência", desabafa.

No Bairro Cidade Morena, constantemente carros param em cima da calçada, o que obriga os pedestres a transitarem nas ruas, correndo o risco de serem atropelados. "Está cada vez mais difícil. Os pedestres precisam andar na rua, enquanto veículos ficam nas calçadas", disse a leitora Adriana Faria.

Segundo leitora, veículos sempre estacionam na calçada. (Foto: Direto das Ruas)Segundo leitora, veículos sempre estacionam na calçada. (Foto: Direto das Ruas)

Penalidades - De acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), estacionar diante de guia rebaixada configura infração média de trânsito, com multa no valor R$ 85,12 e remoção do veiculo do local.

Estacionar em calçada é infração grave, a multa é de R$ 127,69, perda de 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) além de remoção do veículo.

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), disponibiliza para denuncias os contatos 3314-3422, 3314-3423 ou no 118. 

Direto das Ruas – Envie sua notícia, flagrante, sugestões de matérias, fotos, áudios e vídeos via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions