A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/08/2015 18:03

Mulher coloca cones falsos em comércio e atrapalha trânsito em frente a escola

Mariana Rodrigues
Segundo a leitora, o trânsito vira um caos nos horários de entrada e saída dos alunos. (Foto: Direto das Ruas)Segundo a leitora, o trânsito vira um caos nos horários de entrada e saída dos alunos. (Foto: Direto das Ruas)

Leitora do Campo Grande News informou que a dona de uma clínica que fica em frente ao Colégio Oswaldo Tognini, na Rua Cel. Cacildo Arantes, bairro Cachoeirinha II em Campo Grande, colocou vários cones de trânsito em frente a fachada do seu estabelecimento para que pais de alunos não estacionem no local para deixar os filhos na escola.

Conforme a leitora que não quis ter sua identidade divulgada, o trânsito vira um caos nos horários de entrada e saída dos alunos. "Os pais estão se sentidos prejudicados, pois a rua é perigosa, e temos que descer junto com as crianças para atravessá-las no redutor, pois muitos carros não param para eles passarem", relata.

Segundo a leitora, o local não possui identificação, e uma pessoa fica em frente cuidando os cones para que os pais dos alunos não tirem da frente do estabelecimento para estacionar os veículos. "Ela disse que tem permissão da Agetran para interditar em frente ao comércio dela".

Segundo a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), geralmente não é emitido esse tipo de autorização, mas que o local será verificado. "Uma equipe irá até o local para verificar se há uma autorização para que ela coloque os cones, se não tiver vamos orientá-la a retirar, caso o problema persista, nós apreendemos os cones e notificamos a dona do estabelecimento além de aplicarmos multa".

Direto das Ruas - Pelo canal de interação entre a redação e o leitor, podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



Os mesmos pais que reclamam são os que não param na faixa de pedestres (que tem, inclusive, travessia elevada). Ah, que falta faz a fiscalização no trânsito! Se a Agetran multasse 1 em cada 100 motoristas que avançam sobre os pedestres nas faixas em toda a cidade, Campo Grande bateria o recorde mundial de multas de trânsito. MULTA NELES!!!
 
Luiz Pereira em 15/08/2015 23:17:22
To com a dona.
Afinal guia rebaixada é proibido estacionar, e como em Campo Grande falta o bom senso das pessoas apenas pararem, ela faz o papel de agente de trânsito, moderando e impedindo.
Quer solicitar um local para estacionar? Solicte à escola, é dela a obrigação, não da clínica da frente.

Povo folgado, e ainda reclama...
 
EderLima em 14/08/2015 14:01:41
Pelo que vi, trata-se de guia rebaixada com entrada de estacionamento para clientes. Certamente esses pais largam o carro em locais proibidos e em faixa dupla para deixar e pegar os filhos na escola, como acontece em todas as escolas desta cidade. Acho que a Agetran tem que fiscalizar, sim, aproveita e fiscaliza o comportamento dos pais. Provavelmente a dona do comércio está cansada de ter sua entrada bloqueada por cidadãos desrespeitosos que acham que a lei é somente para os outros e que não tem problema nenhum deixar o carro em local inapropriado por "alguns minutinhos" apenas. O pior é que, normalmente, ao passar por ruas caóticas graças aos pais que param em fila dupla, dá pra ver que tem vagas na esquina ou em apenas uma quadra de distância. Mas não, tem que parar na porta da escola!
 
Ari em 14/08/2015 11:11:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions