A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

27/08/2018 11:15

Prefeitura abre investigação sobre atendimento a paciente que engoliu objeto

O secretário Marcelo Vilela disse que o incidente será investigado e que as providências serão tomadas

Leonardo Rocha e Kleber Clajus
Secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, durante inauguração na UBSF Jardim Azaléia (Foto: Kleber Clajus)Secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, durante inauguração na UBSF Jardim Azaléia (Foto: Kleber Clajus)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) vai investigar o caso da professora Kamila Linhares Garcia, que ficou internada seis dias na Santa Casa, por engolir um objeto de metal, em um procedimento odontológico na UBS (Unidade Básica de Saúde) Dona Neta, que fica no bairro Guanandi, região sul de Campo Grande.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, explicou que o procedimento que gerou este incidente, vai ser investigado pelo setor de Odontologia e depois encaminhado para o Recursos Humanos, para que seja aberta a devida sindicância. Ele ponderou que a Sesau monitorou a questão desde o começo e vai tomar as devidas providências.

A professora de 24 anos estava realizando um “tratamento de canal” na última terça-feira (21), quando engoliu um objeto de metal, que ficou preso em seus intestino. Ela foi encaminhada para Santa Casa, onde permaneceu por seis dias, depois de expelir o material, teve alta ontem (26). Kamila disse que passou por constrangimento e trauma com o ocorrido.

Também critica a atuação da profissional que a atendeu. “Estou feliz de ter saído, mas houve falta de assistência. O erro não está no SUS [Sistema Único de Saúde], mas na falta de atenção da profissional e de quem estava com ela”. Os familiares não descartam entrar com uma ação judicial contra a dentista.

Ela quer ainda fazer tomografias, raio-x após o ocorrido, assim como um período adicional de observação na sua residência. A Sesau havia admitido o caso anteriormente, mas acreditava que se acreditava que o objeto era uma “lixa odontológica”, usada para separar os dentes durante o procedimento.

Direto das Ruas - O Campo Grande News recebeu a informação por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

 

 

Incidente ocorreu na última terça-feira (21), na  UBS (Unidade Básica de Saúde) Dona Neta (Foto: Reprodução)Incidente ocorreu na última terça-feira (21), na UBS (Unidade Básica de Saúde) Dona Neta (Foto: Reprodução)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions